• Andréa Rodrigues

Temporada 2020/2021 de handebol na Europa inicia em setembro

Espanha, França e Alemanha definiram calendários das principais ligas; no Brasil atividades esportivas estão suspensas


A Europa começa a retomar as atividades esportivas após a redução do contágio e de mortes pelo novo coronavírus. Algumas das principais ligas europeias de handebol anunciaram as datas de início da temporada 2020/2021. As competições começam a partir de setembro. Vale lembrar que muitos dos campeonatos de 2019/2020 tiveram que ser encerrados antes do cumprimento dos calendários devido à pandemia. Já no Brasil, que ainda apresenta números elevados de contaminação, todos os eventos esportivos estão proibidos e não têm perspectiva de retorno.


Saiba quem já definiu o início dos confrontos da nova temporada:


ESPANHA

Na Espanha a Liga Guerreras Iberdrola começa no fim de semana de 12 e 13 de setembro. A competição terá 16 equipes, divididas em dois grupos de oito. Avançam para a fase seguinte as quatro primeiras equipes de cada grupo. Os oitos times restantes se enfrentam na luta pela permanência na liga.


A Liga Asobal também tem previsão de iniciar no dia 2 de setembro. Nenhuma equipe da temporada passada sofreu rebaixamento e mais duas equipes subiram: Club Cisne Balonmano Colegio Los Sauce, e Blasgon y Bodegas Ceres Villa de Aranda. Ao todo serão 18 equipes. A decisão do retorno, no entanto, ainda depende de aprovação do Conselho Superior de Esportes da Espanha.


FRANÇA

A Starligue, principal competição masculina da França, tem retorno marcado para 23 de setembro, enquanto a Proligue voltará em 2 de outubro. Nos próximos dias acontece uma assembleia entre a LNH, que organiza as competições, e as autoridades públicas do país para definirem as medidas que serão adotadas para o retorno das partidas.


Já a LBE, a liga feminina francesa, ainda não tem data definida para o início do torneio. Enquanto a Federação Francesa de Handebol propôs a retomada no dia 22 de agosto, os clubes querem que a competição comece em 9 de setembro. Segundo os representantes das equipes é preciso tempo para que os atletas façam uma boa preparação e voltem com segurança, o que eles calculam entre 10 a 15 semanas. A decisão final é esperada para os próximos dias.


ALEMANHA

A Liqui Moly Handball Bundesliga anunciou que as duas primeiras divisões alemãs serão retomadas em 1º de outubro. Duas equipes subiram e nenhuma foi rebaixada. O modelo do campeonato não foi modificado e deve terminar por volta de 30 de junho de 2021. Apesar da definição das datas e do modelo do torneio, ainda resta decidir quais serão as medidas sanitárias a serem adotadas no retorno dos jogos.


Ainda sem definição, a Bundesliga Feminina (HBF) discutirá no sábado (27/jun), em assembleia geral, se a temporada começará em 5 de setembro.



BRASIL

Não há previsão de retorno para a volta da prática das atividades físicas. Como os números de contágio por Covid-19 não apresentam redução no País, todas as competições estão proibidas pelo menos até setembro.


A pandemia já cancelou vários campeonatos no Brasil, fases de treinamento das Seleções e ainda ameaça o mais importante torneio do país, a Liga Handebol Brasil. Os clubes estão se organizando para jogar o torneio a partir de outubro, mas o calendário vai ficando cada vez mais apertado e a temporada totalmente indefinida. Enquanto isso, os únicos brasileiros que voltarão às quadras são os que estão atuando na Europa.