• Andréa Rodrigues

Resumo da Liga Nacional de Handebol #Grupo B – Dia 1

Taubaté venceu os cariocas do Vikings; São Carlos e Carajás fizeram jogo equilibrado

Taubaté-SP x Vikings-RJ (foto Bruno Ruas)

A Liga Nacional de Handebol teve sequência na tarde dessa terça-feira (15/dez) com dois jogos pelo grupo B no complexo esportivo Perfect Liberty, em Arujá (SP).


Confira o resumo das partidas:


Jogo 3 – Taubaté (SP) 29 (16) x (10) 18 Vikings (RJ)

Taubaté-SP x Vikings-RJ (foto Bruno Ruas)

O Handebol Taubaté (SP) começou com vitória sua busca por manter o título da Liga Nacional de Handebol. A equipe do Vikings, do Rio de Janeiro, foi um adversário que não se intimidou diante da experiente equipe paulista. Mas a marcação mais dura também rendeu cinco punições de dois minutos para a equipe. Os cariocas retornaram à disputa de Liga após sete anos.


Artilheiros da partida: Guilherme Torriani e Santiago Canepa, os dois de Taubaté, com 5 gols cada.


MVP: Guilherme Torriani (Taubaté)

foto Bruno Ruas / LNH

No Palpitômero da Liga, nos stories do Instagram da Tchê Esportes, 93% dos torcedores apostavam na vitória do Taubaté e 7% acreditavam no Vikings. Participe você também!





Jogo 4 – São Carlos (SP) 18 (8) x (10) 19 Carajás (PA)

São Carlos-SP x Carajás-PA (foto Bruno Ruas)

Os paulistas de São Carlos e os paraenses do Carajás fizeram um jogo extremamente equilibrado. Durante toda a partida as duas equipes abriram no máximo dois gols de vantagem e se alternaram no placar. Com atletas experientes e com várias convocações para as seleções Brasileira Adulta e de Base, o time sentiu a falta de entrosamento, já que todos eles se reuniram apenas há uma semana em Sorocaba (SP). Já São Carlos parece ter corrigido muitas das falhas que a equipe apresentou no Campeonato Paulista e trouxe um jogo mais efetivo. O jogo foi decidido nos segundos finais, quando São Carlos perdeu a chance de empatar.


A curiosidade do jogo é que faltou energia no ginásio aos 25 minutos do primeiro tempo e retornou após 17 minutos.


Artilheiro: Eduardo Felix da Silva, o Dudu, com 7 gols.


MVP: Eduardo Felix da Silva, o Dudu (São Carlos)

Eduardo Felix da Silva, o Dudu / São Carlos-SP (foto Bruno Ruas / LNH)


No Palpitômero da Liga, nos stories do Instagram da Tchê Esportes, 61% dos torcedores apostavam na vitória do Carajás e 39% acreditavam em São Carlos. Qual o seu palpite para os próximos jogos? Participe!




A Liga Nacional de Handebol terá quatro fases: grupos, quartas de final, semifinal e final.


Na primeira etapa haverá três grupos com quatro equipes. As duas melhores de cada chave passam para a fase seguinte, assim como os dois melhores terceiros colocados. Os vencedores de seus confrontos avançam para as semis e depois, disputa de 3º lugar e de campeão.


Além da definição dos campeões, a CBHb também promoverá também jogos para definição do quinto ao 12º colocado. As equipes que não avançarem para as quartas de final e semifinal seguem em disputa até o último dia para a definição do ranking completo da competição.



Mais notícias aqui