República Tcheca deixa Mundial do Egito após Covid-19

Substituto no grupo G será a Macedônia do Norte, primeiro país na lista de critérios da IHF


A República Tcheca comunicou oficialmente que não vai participar do 27º Campeonato Mundial Masculino do Egito, que começa nesta terça-feira (13/jan). A equipe enfrenta um surto de Covid-19. A Macedônia do Norte foi indicada como primeira nação substituta, de acordo com os critérios da IHF, devido ao seu 15º lugar na EHF EURO 2020 Masculina.


Atualmente há 12 jogadores infectados na seleção da República Tcheca e os treinadores Jan Filip e Daniel Kubeš continuam apresentando teste positivo. Por motivos de saúde, mais cinco jogadores não poderiam participar do campeonato. Dos 21 nomes iniciais da equipe, apenas quatro jogadores poderiam viajar.


A seleção da República Tcheca tem lutado com o coronavírus desde o início de janeiro, quando começaram os preparativos finais em Pilsen. Devido ao Covid-19, eles não puderam jogar a partida dupla de abertura da qualificação para o Campeonato Europeu contra as Ilhas Faroe na semana passada.


A seleção tcheca deveria começar o Mundial pela primeira vez desde 2015, quando terminou na 17ª colocação no Catar.


A lista de países substitutos foi criada pela IHF de acordo com os critérios de desempenho da prova de qualificação do continente do atual campeão mundial, que é a Europa.

21 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo