• Andréa Rodrigues

Raio-X: Saiba tudo sobre a competição Feminina da Liga Paulistana de Handebol 2018

Atualizado: 7 de Mar de 2019


Em sua 6ª edição, o torneio da LPHb é democrático e tem tudo para ter uma disputa equilibrada entre os participantes


A edição 2018 do campeonato da Liga Paulistana de Handebol (LPHb) tem a participação de 55 times nos naipes feminino e masculino e em cinco categorias: mirim, infantil, cadete, juvenil e livre. O torneio é bastante democrático, já que dá oportunidade para que times de diversas cidades e regiões possam participar de uma disputa bem organizada e equilibrada. A LPHb é uma liga independente presidida pelo árbitro e ex-jogador de handebol Rogério Fiacadori e foi fundada em 7 de Setembro de 2012.

O fato de ser independente proporciona aos participantes da LPHb um contato mais próximo, e todas as dúvidas e questionamentos são resolvidos de forma direta com o presidente. Para Fiacadori, a competição pretende fomentar o handebol e “fazer com que o handebol seja uma das ferramentas de formação humana, cultivando valores e atitudes fundamentais à construção do cidadão consciente de seu papel na sociedade brasileira”, frase que ele fez questão que constasse na missão da Liga.

Veja quem são os participantes em cada categoria:

  • Mirim: Colégio Eduardo Gomes (São Caetano do Sul), Mongaguá, São José dos Campos

  • Infantil: Diadema, Colégio Eduardo Gomes (São Caetano do Sul), Mongaguá, São José dos Campos e Santo André

  • Cadete: Alphaville, Cesc/RJ, Diadema, Hebraica, Jacareí, Mongaguá, Pinheiros, Praia Grande, Santo André, Colégio Simonini

  • Juvenil: ASE Santista (Santos), Diadema, Colégio Eduardo Gomes (São Caetano do Sul), Guarujá, Jacareí

Confira agora o raio-X que a Tchê Esportes preparou das equipes da categoria Livre Feminino:


RIBEIRÃO PIRES

Equipe da cidade de Ribeirão Pires (SP), situada na Região Metropolitana de São Paulo, tem cerca de 120 mil pessoas. O time foi criado em 1986 pelo professor Martin Afonso, que também é auxiliar técnico da equipe. É a quinta participação no torneio da LPHb (2014, 2015, 2016 e 2017). É o atual campeão e também o vencedor de 2015 da categoria Livre Feminina.

Para o técnico Fábio Freitas Souza, o objetivo é “tentar o tri-campeonato da Liga Paulistana, fazer bons jogos para chegarmos com bom ritmo para os Jogos Regionais e Jogos Abertos do Interior, que já somos pré-classificados”. Ele lamenta que na temporada 2018 muitas equipes tradicionais terem acabado e outras cortado os investimentos para campeonatos na categoria principal (livre).

ELENCO

Goleiras

VANESSA

RENATA

Centrais

CRISTIANE

LUCIANA

CAROL

Meias

ROSENILDE

GEISA

LUCIANA SOUZA

BRUNA

Pivôs

ALINE

GRECE

Pontas

LISIANE

KARINA

EDUARDA

INGRID

LILIAN

COMISSÃO TÉCNICA

Técnico: FÁBIO DE FREITAS SOUZA

Auxiliar Técnico: MARTIN AFONSO FERREIRA DA SILVA

Preparadora de Goleiras: PRISCILA ALEXANDRE DOS SANTOS

Onde joga: CTT Ouro Fino - Av. Vereador Rubens Maziero, 100 - Ribeirão Pires (SP)


VILLA PORTARE

Equipe da cidade de São Paulo, principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América do Sul. É a cidade mais populosa do Brasil, com população de mais de 12 milhões de habitantes. É a equipe mais nova da competição e foi criada em 2017 por Felipe Figueira, técnico do time. É a primeira participação no torneio.

Figueira diz que a equipe está treinando mais este ano e que o grupo foi fortalecido com a chegada de novas jogadoras. “Nossas expectativas para 2018 são as melhores! Estamos muito focados em fazer um ótimo campeonato. A LPHb pra gente é um campeonato muito importante pelo nível das equipes que participarão esse ano.“ O técnico lembra que o time tem vários desafios pela frente, entre eles dois campeonatos na Europa, no meio do ano. “Temos tudo para fazer uma super temporada para essa equipe que só vem crescendo e ganhando seu espaço no mundo do Handebol. Esperamos somar ao campeonato e que seja muito bem disputado por todos”, conclui o técnico

ELENCO



Goleiras

DANIELA DEL CARLO BERNARDI

MARINA TOLÃO

MARTA DALILA MAGALHÃES SANTOS

TATIANE PELLEGRINO ALVES

Armadoras

AMANDA VERONICA DE SOUZA

CLARICE NASSAR BRAMUCCI

CLEIDE DE PAULA DA SILVA

DANIELA FREIRE CREMASCO

DIANA PEREIRA GONÇALVES

NATÁLIA TONELLO CAVALHEIRO

RENATA MOTA OLIVEIRA FERNANDES

Pivôs

CLAUDIA MARIA DA SILVA

ESTER SANTANA FONG

LYGIA GALVÃO HERDEIRO

AMANDA CAMILO SPAOLONZI

Pontas

BIANCA MAGALHÃES CASTRO PACIFICO

JOSAIDA ANTONIA DE SOUZA IANONI

TAMIRIS COSTA DISPATI

MELINA SILVA COUTO DOMINGOS

ANA CAROLINA TEODORO DE ANDRADE

KARLA OLIVEIRA LEITÃO

NICOLLY PIERINA DAL ZOTTO

COMISSÃO TÉCNICA

Técnico: FELIPE ROBERTO DOS SANTOS FIGUEIRA

Preparador de Goleiras: RENAN MOZELLI


DIADEMA

Equipe da cidade de Diadema, município da região metropolitana de são Paulo, tem cerca de 415 mil habitantes. Foi criada em 2003 e participou de quatro edições do torneio (2014, 2015, 2016 e 2017). Em 2017 obteve a sua melhor colocação: 3º lugar. Vem para a quinta participação no torneio da LPHb.

No naipe feminino, a composição da categoria livre é dada por ex-atletas da base de São Bernardo do Campo que não puderam continuar no alto rendimento, ex-atletas da base de Diadema e também por outras que jogaram em nível escolar e gostam de jogar handebol. Os treinos acontecem à noite, por volta de 20h30, horário em que é possível conciliar com o trabalho. Muitas atletas passam pela equipe e acabam indo jogar em outros times, como Mayara e Débora Rodrigues, ambas da UNIP/SBC.

Débora foi convocada para a segunda fase de treinamento da Seleção Brasileira Adulta. Outra atleta de destaque que passou por Diadema foi a Ananda Cardoso, que foi Campeã Mundial Universitária em 2014.


ELENCO

GOLEIRAS

CARLA CRUZ CATARINA CIRULLO

ARMADORAS

EMANUELLE FRANCISCO

MELISSA MORELLI

RENANTA ALTOMANI

LOUISE RODRIGUES

JÉSSICA GAMA

FERNANDA GISLENE

MARIA BRITO

PIVÔS

DAIANA BURUAEM

HELEN SILVA

JANAÍNA DIAS DA SILVA

PONTAS

NAIARA MARCELY

LÍGIA MARTINA

NÁDIA REGATO

JADNA FERNANDES

ELIZABETH CHAVES

SOLANGE RODRIGUES SOUZA

CATARINA FELÍCIO DO NASCIMENTO

Técnico: JOSÉ ROBERTO ROSA JUNIOR

Auxiliar Técnico: ANTÔNIO FERNANDO P. PEREIRA

Auxiliar Técnico: SILVANA BARBOSA

Onde joga: Clube Municipal Mané Garrincha - Rua dos Cariris, 195 – Piraporinha – Diadema (SP)



JACAREÍ

Equipe da cidade de Jacareí, que fica na Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte do estado de São Paulo, tem cerca de 230 mil habitantes. Participou das edições de 2015 e 2017 da LPHb.

Técnico: RODRIGO CLEMENTE

Onde joga: Ginásio EDUCAMAIS - Rua Lourenço Nogueira, 211 - Jardim Paraiso – Jacareí (SP)


SÃO CAETANO

Equipe da cidade de São Caetano do Sul, na região metropolitana de São Paulo, com população de aproximadamente 160 mil pessoas. Retorna à competição na categoria Livre depois de ter participado em 2016.

Técnico: FLAVIO GODAS

Onde joga: Ginásio Marlene José Bento (EDA) - Rua Tibagi, 10 – São Caetano (SP)

CURIOSIDADES | LIVRE FEMININO

Todos as equipes campeãs da categoria livre:

  • 2013 EC Pinheiros

  • 2014 Guarulhos

  • 2015 Ribeirão Pires

  • 2016 Guarulhos

  • 2017 Ribeirão Pires

Os principais vencedores da categoria livre feminino são Guarulhos (2014 e 2016) e Ribeirão Pires (2015 e 2017).

A terceira edição do torneio (2015) foi a que teve o maior número de participantes na categoria livre, com 13 equipes.

EC Pinheiros foi o vencedor da primeira edição (2013).

A rodada de estreia da Categoria Livre Feminino será no dia 08 de abril.




#noticias #handebolnacional #lphb2018 #lphb #lphbadultofem #lphb2018adultofem

0 visualização