• Redação

Mascotes dos Jogos de Tóquio fazem aniversário

Atualizado: Jul 25

Miraitowa e Someity, dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, foram batizados no dia 22 de julho de 2019


Os mascotes dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 foram batizados um ano antes do início das competições. No entanto, devido à pandemia de coronavírus, as Olimpíadas foram transferidas para o período de 23 a 9 de agosto de 2021. No começo dos jogos, portanto, Miraitowa e Someity terão dois anos de idade, os mais “velhos” de todos os mascotes olímpicos.


Miraitowa

O mascote é estilizado com o padrão azul índigo, do emblema dos Jogos de Tóquio 2020, um tributo à tradição respeitada e à inovação moderna da cultura japonesa. Miraitowa é baseado nas palavras mirai (futuro) e towa (eternidade). Ele tem uma personalidade inspirada no provérbio japonês, "aprenda com o passado e desenvolva novas ideias". Miraitowa é alegre e notavelmente atlético, com um forte senso de integridade. Ele tem um poder especial para se tele transportar instantaneamente para onde quiser, segundo a definição que consta no site do evento.


Someity

A mascote dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 é uma personagem bem legal, com poderes e sensores táteis de flor de cerejeira. Someity faz um jogo com "so mighty" (super poderosa) e representa os atletas paralímpicos, que redefinem as fronteiras do que é possível.

Someity pode usar os sensores nas laterais da cabeça para obter poderes telepáticos, voar usando sua capa e até mover objetos sem tocá-los. Alguém que tem uma presença calma e tranquila, guiada por uma grande força interior, mas pode exibir superpotências que incorporam a dureza e determinação dos atletas paraolímpicos. Uma parte adora estar na natureza e pode se comunicar com elementos naturais, como pedras e o vento.



9 visualizações