Brasil sofre, mas consegue empate com a Tunísia

Seleção Brasileira comete muitos erros contra a equipe africana; reação veio apenas no segundo tempo


A Seleção Brasileira conseguiu arrancar um empate com a Tunísia por 32 a 32 ao final da partida deste domingo (17/jan) pelo Mundial Masculino de Handebol do Egito. O primeiro tempo foi 20 a 16 para a Tunísia. O Brasil não conseguiu repetir a boa atuação do primeiro jogo contra a Espanha e cometeu muitos erros, principalmente no primeiro tempo, mas a reação no início da segunda etapa foi fundamental para buscar a igualdade.


Com um final eletrizante, o empate veio a três segundos do final e os tunisianos ainda tiveram tempo para mais um chute impressionante de fora da área, que foi decidido pelos árbitros por meio da checagem das imagens da transmissão se valeria ou não. Para alegria e muita vibração dos brasileiros, o gol não foi validado.


1º tempo

A Seleção Brasileira jogou mal o primeiro tempo, cometeu muitos erros, não aproveitou os momentos de superioridade numérica e sentiu a falta de jogadores experientes, como Thiagus Petrus, Felipe Borges e Arthur Patrianova, que teve um falso positivo para Covid-19, depois testou negativo, mas pelo regulamento precisa de mais um teste negativo para poder voltar a jogar. Cléber Andrade ainda não se recuperou de lesão no adutor, mas Guilherme Torriani chegou a tempo de jogar a partida e acabou sendo fundamental para o empate.


Até os 20 minutos o Brasil conseguiu ficar em desvantagem de, no máximo, uma bola. A partir daí, com a defesa desorganizada e o time bastante desconcentrado, viu a Tunísia abrir cinco bolas. No final da etapa, o goleiro Rangel ainda conseguiu aproveitar o gol vazio da Tunísia e marcar um gol. Tunísia 20 x 16 Brasil.


2º tempo

O Brasil voltou para o segundo tempo mais agressivo, concentrado e organizado na defesa. Tirou a desvantagem e deixou a Tunísia sem marcar por nove minutos. Maik esteve na trave brasileira na segunda etapa e foi fundamental para ajudar na reação. Até 7 metros ele defendeu.





Elenco da partida:

Maik

Rangel

Bombom

Chiuffa

Gustavo

Haniel

Teixeira

João

Zé Toledo

Leo Dutra

Luciano

Torriani

Rogério

Rudolph

Ponciano

Vinicius


Haniel e Rudolph foram os artilheiros do Brasil, com seis gols cada um.