Buscar
  • Andréa Rodrigues

Brasil empata com a França no Mundial de Handebol

Atualizado: 3 de Dez de 2019

Partida contra a campeã da última edição foi o segundo compromisso da Seleção Feminina na competição

Brasil x França (foto reprodução)

O Brasil empatou com a França por 19 a 19 na segunda partida disputada no Campeonato Mundial de Handebol Feminino de Kumamoto, no Japão. Em uma partida muito dura, com forte marcação de ambas as equipes, a Seleção Brasileira encaixou o jogo no segundo tempo e conseguiu equilibrar o placar, já que havia terminado a etapa inicial em desvantagem (7x10). O jogo aconteceu na madrugada deste domingo, às 3h (horário de Brasília), no Ginásio Geral da Cidade de Yamaga. A competição começou no sábado (30/nov) e vai até o dia 15 de dezembro.


“Fizemos um jogo muito equilibrado, a equipe iniciou bem concentrada e a defesa pegou confiança e segurança. Ficamos abaixo no placar no primeiro tempo, mas penso que foi por alguns erros que cometemos em arremessos. No segundo tempo conseguimos igualar o placar e até passar, mas falhamos em alguns chutes e, nos últimos momentos, a França ficou à frente no marcador. Mas a equipe manteve a confiança e a calma para conseguir um empate, que acredito ser importante porque retomamos o espírito que esta equipe pode ter”, avaliou o técnico da Seleção Jorge Dueñas.


Técnico Jorge Dueñas no jogo Brasil x França (foto reprodução)

1º tempo

Foi um início de primeiro tempo duro, de forte marcação e com erros de ambas as equipes. O Brasil abriu o placar e as francesas marcaram o primeiro gol somente aos 8 min (2x1). Mas em apenas dois minutos elas chegaram ao empate por 3 a 3. A virada francesa veio aos 18min30seg (5x4). A Seleção voltou a apresentar algumas falhas e não conseguiu manter a superioridade no placar. Fim do 1º tempo Brasil 7 x 10 França.


2º tempo

A Seleção voltou melhor na etapa final. Aos seis minutos, Bruna de Paula, com uma linda finta e um arremesso no canto curto, empatou para o Brasil (11 a 11). A França, com mais poder ofensivo, seguia abrindo pequena diferença. Mas o Brasil começou a encaixar o jogo e aos 10 minutos chegou ao empate (13 a 13) em um passe de costas de Paty Matieli para Tamires Morena. Aos 12min30seg a goleira Renata Arruda aproveitou o gol vazio e marcou a virada brasileira (15 a 14). A partir daí as duas equipes se alternaram no placar e por vários momentos estiveram empatadas. Tanto que o jogo encerrou assim: Brasil 19 x 19 França.


A melhor jogadora da partida foi a meia direita brasileira Bruna de Paula, que marcou três gols. Ainda marcaram para o Brasil: Tamires Morena, Ana Paula Rodrigues e Adriana de Castro (3 gols); Duda Amorim e Patrícia Matieli (2 gols); Larissa Araújo, Mariana Costa e Renata Arruda (1 gol).

Bruna de Paula, Melhor Jogadora da Partida, Brasil x França (foto reprodução)


O próximo compromisso do Brasil será contra a Coreia, que venceu justamente a França em sua estreia. A partida acontece na madrugada de terça, às 3h (04/dez).


Sistema de disputa

A forma de disputa do Mundial de Kumamoto é o Main Round, adotado em competições como da Liga Europeia de Handebol (EHF). Nesse sistema, as 24 equipes são divididas em quatro grupos com seis equipes cada, na fase classificatória. Os três melhores de cada chave passam para a próxima fase e levam junto os pontos obtidos nas partidas disputadas entre classificados.


Jogos do Brasil (Horário de Brasília)

30/11 – Sábado Brasil 24x30 Alemanha


01/12 – Domingo Brasil 19x19 França


03/12 – terça-feira 3h – Brasil x Coreia


04/12 – quarta-feira 8h30 – Brasil x Dinamarca


06/12 – Sexta-feira 3h – Brasil x Austrália


Conforme informação da Federação Internacional de Handebol (IHF, na sigla em inglês), “a transmissão ao vivo no site da IHF será bloqueada geograficamente no Brasil (conforme os direitos de transmissão são vendidos), mas, ao mesmo tempo, não há ninguém transmitindo no Brasil”.

As convocadas:

Goleiras: Bárbara Arenhart (Vaci Noi Kezilabda/HUN), Gabriela Moreschi (Fleury Loiret/FRA) e Renata Arruda (Bera Bera/ESP);


Pontas: Adriana de Castro (Bera Bera/ESP), Ana Cláudia Bolzan (Esporte Clube Pinheiros/BRA), Alexandra Nascimento (Érd HC/HUN), Larissa Araújo (CSU Cluj Napoca/ROM) e Mariana Costa (CS Gloria Bistrit Nasaud/ROM);


Centrais: Ana Paula Belo (Rostov/RUS), Bruna de Paula (Fleury Loiret/FRA) e Patrícia Machado (MKS Zaglebie Lubin/POL);


Armadoras: Deonise Fachinello (Bourg de Péage/FRA), Eduarda Amorim (Gyori Audi Eto KC/HUN), Jaqueline Anastácio (Magura Cisnadie/ROM) e Samara Vieira (SCM Ramnicu Valcea/ROM);


Pivôs: Isaura Menin (Rincón Fertilidad Malaga/ESP) e Tamires Araújo (HC Dunãrea Brãila/ROM).


Comissão Técnica: Jorge Duenas (Técnico), Juan Carlos Solar (Auxiliar Técnico), Cristiano Rocha (Auxiliar Técnico), Álvaro Casagrande (Supervisor), Jéssica Rocha (Fisioterapeuta), Júlia Bargieri (Nutricionista) e Pauline Bittencourt (Médica).


A Confederação Brasileira de Handebol é parceira do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e da Kempa Brasil.



Todos os grupos do Mundial

Grupo A

Holanda

Noruega

Sérvia

Eslovênia

Angola

Cuba


Grupo B

França

Dinamarca

Alemanha

Coreia do Sul

Brasil

Austrália


Grupo C

Romênia

Hungria

Montenegro

Espanha

Senegal

Cazaquistão


Grupo D

Rússia

Suécia

Japão

China

Argentina

República Democrática do Congo



428 visualizações
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram