• Redação

Bola sem cola pode ser usada no Mundial Junior Feminino em 2020


Empresa Molten está em fase de desenvolvimento da bola e deve começar em breve os testes em Paris, na França

A Federação Internacional de Handebol (IHF, na sigla em inglês) pode começar a usar a bola que não requer o uso de cola no Campeonato Mundial Junior Feminino em 2020. A informação surgiu na última reunião do Conselho da IHF, realizada em 28 de janeiro. A Molten, empresa que tem contrato para fornecer as bolas oficiais usadas pela IHF em suas competições, está em fase final de desenvolvimento da bola auto-adesiva e deve começar em breve a fase de testes oficiais. Um acordo entre a IHF e a Federação Francesa de Handebol prevê que os testes sejam feitos em seu novo Centro de Desenvolvimento existente em Paris.


Paralelamente, várias comissões da IHF estão trabalhando em regulamentos que regem o uso da cola e a proibição dela, porque a ideia da entidade é que a bola auto-adesiva comece a ser usada no Campeonato Mundial Júnior e gradualmente se vá aumentando o uso para o restante dos mundiais.


Se os testes forem favoráveis, a estreia desta nova bola poderia ser no Mundial Júnior Feminino em 2020, e em seguida repetir a experiência no Campeonato Masculino Júnior em 2021. Depois, a bola sem cola seria usada nos Mundiais Junior em 2022 e 2023, para finalmente ser usada em todas as competições da IHF, incluindo os Mundiais adulto.


*Com informações do site Mundo Handball




1,429 visualizações