• Redação

Apenas mulheres comandam em quadra na EHF Euro Feminina 2020

Pela primeira vez o campeonato europeu terá apenas arbitragem feminina; dez duplas foram escolhidas

A EHF Euro Feminina 2020 será o primeiro campeonato europeu da história do handebol a ser totalmente comandado por arbitragem feminina. Na sexta-feira (10/out) a Federação Europeia de Handebol (EHF, na sigla em inglês) divulgou os nomes das dez duplas de árbitras definidas para apitar o torneio que acontece de 3 a 20 de dezembro na Noruega e na Dinamarca.


Quatro duplas liderarão os jogos em Trondheim, única cidade-sede da Noruega, que receberá partidas nas três fases da competição: rodada preliminar, rodada principal e final de semana. Outros três pares de árbitras estarão encarregadas das partidas em Frederikshavn e em Herning, as duas sedes na Dinamarca.


Embora essas duas cidades sejam as anfitriãs dos jogos da fase preliminar, em Herning também haverá ação na fase principal. Na fase preliminar, a co-anfitriã Dinamarca e a campeã França dividem o grupo A em Herning, enquanto a Rússia, vice-campeã de 2018, comanda o grupo B em Frederikshavn. Em Trondheim, a campeã mundial Holanda está no grupo C, enquanto a anfitriã Noruega joga na mesma arena, frente à sua torcida, no grupo D.


A programação completa do torneio pode ser baixada aqui.


Árbitras nomeadas para EHF Euro feminino 2020:


AUT - Ana Vranes / Marlis Wenninger

BIH - Vesna Balvan / Tatjana Prastalo

DEN - Karina Christiansen / Linha Hesseldal Hansen

FRA - Charlotte Bonaventura / Julie Bonaventura

GRE - Ioanna Christidi / Ioanna Papamattheou

MNE - Jelena Mitrovic / Andjelina Kazanegra

POR – Vania Sa / Marta Sa

ROU - Cristina Nastase / Simona-Raluca Stancu

RUS - Viktoriia Alpaidze / Tatyana Berezkina

SRB - Vanja Antic / Jelena Jakovljevic