• Andréa Rodrigues

Projeto da Prefeitura de Canoas (RS) valoriza iniciação esportiva de crianças e adolescentes


Escola de Esportes atenderá público entre 5 e 18 anos


Com o objetivo de propiciar a crianças e adolescentes espaços para o desenvolvimento de suas habilidades, a Prefeitura de Canoas, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SMEL), lança o seu mais novo projeto na área do esporte educacional, o Escola de Esportes. Trata-se de uma iniciativa que deve atingir crianças e adolescentes, de 5 a 18 anos, residentes em Canoas.

Os participantes matriculados na Escola de Esportes vão desenvolver conhecimentos de modalidades de quadra (basquete, handebol, vôlei ou futsal), divididos em cinco níveis educacionais. Sendo de 5 a 7 anos a fase psicomotora, com ênfase na participação e desenvolvimento de autoestima; de 8 a 9 anos, com a iniciação esportiva; de 10 a 11 anos, com a aquisição das condições básicas de jogo.

A partir da fase 4, de 12 a 14 anos, os jovens focam no aperfeiçoamento e na especialização de técnicas específicas para cada modalidade esportiva. Os participantes se preparam para ingressar no esporte de rendimento, fazendo surgir atletas que poderão abastecer o Talentos do Esporte. O último nível do projeto contempla jovens de 15 a 18 anos. As três primeiras etapas ocorrem sem a divisão de naipes, com turmas mistas entre meninos e meninas. A partir do quarto nível, as equipes se dividem em masculina e feminina.

De acordo com o coordenador do projeto, Edson Kurylac, as inscrições devem começar em março. “As atividades vão ocorrer de forma sistemática nas Unidades Operacionais da SMEL. Posteriormente, outros locais podem se tornar parceiros do projeto e receber turmas da Escola de Esportes”, explica Edson. Ele ainda ressalta que os profissionais envolvidos no planejamento e execução do projeto passarão por formações continuadas. “Nosso principal objetivo é a formação esportiva dos participantes em diferentes níveis educacionais. Os professores terão reuniões sistemáticas, com trocas de experiências, cursos teóricos e práticos de atualização, entre outros. O objetivo é criar uma uniformidade de atuação nas unidades com qualidade e motivação”, salienta.

O Escola de Esportes deve contar ainda com a colaboração da Secretaria Municipal da Educação (SME), devido o público alvo estar em idade escolar. O projeto também quer abastecer as equipes do Talentos do Esporte, visto que, inicialmente, não possui caráter competitivo.

#noticias #handebolnacional #handebolsul

0 visualização