Buscar
  • Andréa Rodrigues

Um goleiro além dos limites do handebol


Marcão, do Pinheiros, conquistou o 15º título na Liga Nacional Masculina de Handebol aos 42 anos


Nesse domingo (11/nov) o Esporte Clube Pinheiros chegou à final de mais uma Liga Nacional Masculina de Handebol. E o goleiro Marcos Paulo dos Santos, o Marcão, estava lá mais uma vez, aos 42 anos. Ao todo foram 15 títulos da Liga – 8 com a Metodista e 7 com o Pinheiros – e participação em todas as 22 edições do torneio. “Os meninos postaram um vídeo de 98, uma final aqui no Pinheiros, e eu estava jogando e pegando bola, Graças a Deus!”, brincou Marcão.

Ele conversou com a Tchê Esportes e falou sobre desafiar a idade e os limites do corpo. O ano tem sido muito duro em relação a buscar resultados, a buscar estar sempre bem. E aí a gente não pode errar na questão da preparação física, do trabalho em quadra, precisa ser perfeito. É um momento diferente, um gosto diferente. Hoje posso falar, sem sombra de dúvidas, que foi um dos melhores momentos da minha carreira.”


E foi realmente um momento especial. O goleiro foi decisivo em muitos momentos da final contra o Taubaté e deu moral ao time. A eficiência de Marcão foi de 46%, com 17 defesas em 37 chutes.


Extremamente concentrado e seguro, ele chegou a se emocionar durante um tempo técnico da partida. “A verdade é que é difícil demais conquistar uma estatística como essa. Fico feliz pra caramba de ter conseguido encaixar o jogo, de estar bem no alto dos 40... Ser exemplo e espelho para muitos”, contou.


Sobre ser exemplo, ele com certeza é uma das referências mais fortes dentro do Pinheiros para os mais novos. E um ídolo fora do clube. “A gente sabe que o nosso time é novo, ainda tem uma molecada que está evoluindo muito e que precisa amadurecer um pouco, porque são esses que a gente vai contar para o andamento do esporte aqui no clube e eu ainda continuo ajudando, né? Então acho que vou conseguir ficar mais alguns anos dando uma força”, disse o ídolo.


Segundo o técnico do Pinheiro Sérgio Hortelan, Marcão tem uma adequação no treinamento, que permite que ele treine menos vezes por semana para não sofrer com sobrecarga. “Eu insisto pro Marcão parar, eu acho que ele já chegou no limite dele. Aí ele joga bem e diz: ‘mais um aninho, mais um aninho...’ Defensivamente hoje o Marcão fez uma partida absurda!”


O próprio goleiro confirma que ainda não é hora de parar. “Hortelan sentou comigo e perguntou: ‘E aí, quando?’. Eu disse: ‘esse ano está fechado, ano que vem eu quero, depois eu não sei...’ Enquanto estiver desse jeito, eu vou até... Eu estou bem fisicamente, clinicamente, acho que vai mais uns quatro anos ainda. Hortelan gritou: ‘você tá maluco!’”, contou o goleiro às gargalhadas.


Currículo de títulos Metodista: 1997 a 2002, 2004 e 2006 Pinheiros: 2009 a 2012, 2015, 2017 e 2018

#LigaNacionaldeHandebol #liganacionalmasculina #LNM218 #TabelaLNHM2018sulsudeste #noticias

7 visualizações
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram