• Andréa Rodrigues

#Resumão 20/maio: Villa Portare vence Ribeirão Pires em continuação de jogo interrompido pela chuva


Equipes voltaram a se enfrentar após paralisação de partida no ginásio CTT Ouro Fino Paulista, em Ribeirão Pires; Donas da casa venciam por 9 a 6


A partida começou no dia 15 de abril, no ginásio CTT Ouro Fino Paulista, em Ribeirão Pires, mas foi interrompida com vinte e um minutos de jogo, devido à forte temporal na cidade, com o placar de 9 a 6 para Ribeirão.

RIBEIRÃO PIRES 17 x 19 VILLA PORTARE

O jogo teve sequência nesse domingo (20/mai), após trinta e nove dias, no mesmo local.

A continuação da partida foi dividida em dois tempos: um de 18 e um de 20 minutos, totalizando os 38 minutos que faltavam após o jogo ser interrompido.

As donas da casa já entraram em quadra com a vantagem de três gols, mas que foi revertida já no primeiro tempo pelas visitantes. Destaque para a goleira Marta, do Villare, com ótimas leituras, fechou o gol. Também pelo lado das visitantes, a armadora central, Clarisse, foi muito bem, com boa distribuição de jogo. No segundo tempo, Villa Portare manteve a postura, se aproveitou dos erros de Ribeirão e venceu o jogo por 19 a 17.

DESTAQUE

FALA, FELIPE FIGUEIRA, técnico do Villa Portare

"A equipe entrou muito mais concentrada, nós tínhamos analisado o outro jogo contra elas e montamos um sistema defensivo um pouco diferenciado tentando tirar um pouco do ponto forte delas, as jogadas da meia direita Fia (Rosenilde Jesus dos Santos). Estreamos ganhando do Ribeirão Pires, que consideramos a mais forte do campeonato, e isso dá uma moral muito grande pra gente"

DESTAQUE

FALA, FÁBIO FREITAS, técnico do Ribeirão Pires

"Conversamos bastante sobre nossa vantagem de três gols no início da partida mas que teríamos pouco tempo para entrar no jogo novamente. Infelizmente começamos bem desatentos, errando muitas finalizações. No segundo tempo continuando os com os mesmos erros e por até ser uma um restante de partida rápido não conseguimos reverter o placar"

DESTAQUE

ARTILHEIRAS


Clarice Nassar (5), do Villa Portare e Cristiane Jesus (28) do Ribeirão Pires dividiram a artilharia do jogo com 6 gols cada.

FICHA TÉCNICA / GOLS


RIBEIRÃO PIRES | Aline Martins, Bruna Silva Carolina A. Lima, Cristiane J. Santos (6), Eduarda M. M (1), Geisa I.S. Gonçalves, Grace Leça Pereira, Ingrid Almeida, Karina Alves (4), Lilian G. Santos, Luciana Queiroz Souza (2), Luciana do Vale Santiago, Renata Cândido Lopes, Rosenilde Jesus dos Santos (4) e Vanessa Pereira.

VILLA PORTARE | Amanda Camilo, Amanda de Souza (2), Ana Carolina (1), Clara Turazzi, Clarice Nassar (6), Claudia Silva, Cleide de Paula (1), Daniela Freire (2), Karla Oliveira (2), Lygia Galvão (3), Marina Tolão, Marta Santos, Melina Silva, Nicoly Dalzotto, Renata Motta e Tamiris Costa (2).

ARBITRAGEM | Sandro e Marcelo

MESÁRIO e CRONOMETRISTA | Cesar Barcelos e Vagner Silva

COMO FICA




#noticias #handebolnacional #lphb2018 #lphb #lphb2018adultofem #lphbadultofem

0 visualização