• Andréa Rodrigues

Brasil bate Chile em duelo de invictos no Pan-Americano Júnior Feminino


Seleção brasileira venceu as quatro partidas que disputou no torneio em Goiânia (GO); O jogo deste domingo(25/mar) vale o título da competição


A Seleção Brasileira não sabe o que é perder no Pan-Americano Júnior Feminino, em Goiânia. Neste sábado (24), a equipe venceu o duelo de invictos contra o Chile por 28 a 14 e chegou ao quarto triunfo em quatro jogos.

O JOGO

A partida foi equilibrada até o fim do primeiro tempo, quando as brasileiras foram para o intervalo com a vantagem de 9 a 7 no placar. Já no segundo tempo, a seleção voltou determinada e abriu maior margem com a defesa mais forte e com os lançamentos de contra-ataques. Aos 15 minutos, o Brasil conseguiu alcançar uma diferença de nove gols e viu mais uma vez a goleira Renata de Arruda brilhar com defesas espetaculares.

DESTAQUE

FALA, CRISTIANO!

“Nós tivemos um plano tático coletivo muito bem executado. Elas foram disciplinadas, e chegamos perto da perfeição em alguns momentos. É muito difícil nessa faixa etária manter um nível de concentração mental por quase 60 minutos. Estávamos com muita confiança e aumentamos a vantagem. Elas são uma equipe muito forte, então foi um placar atípico. Essa vitória tem que ser comemorada, porque foi muito bem elaborada pelas meninas”, disse o técnico Cristiano Silva.


DESTAQUE

ARTILHEIRAS

Do lado brasileiro, a artilharia ficou a ponta direita Maria Eduarda dos Santos, com 10 gols, enquanto Javiera Baumann e Valeska Lovera anotaram três gols cada para a equipe chilena.

DESTAQUE

FALA, MARIA EDUARDA!

“A gente se concentrou muito para esse jogo, como se fosse uma final. Analisamos o time delas, nos concentramos e deu no que deu dentro de quadra. Agora, vamos parar e analisar o jogo de amanhã, porque tem a rivalidade entre Brasil e Argentina”, disse Maria Eduarda dos Santos.

O Brasil estreou no torneio com vitória contra o Paraguai e depois ainda triunfou contra Uruguai e República Dominicana. Já o Chile bateu Uruguai, República Dominicana e Argentina antes de enfrentar a seleção. Mais cedo neste sábado, a Argentina fez 25 a 14 no Uruguai, enquanto o Paraguai levou a melhor contra a República Dominicana por 45 a 24.

DESTAQUE

COMO FICA

O empate já é suficiente para a seleção brasileira conquistar o título do torneio disputado por pontos corridos.

“Vamos fazer de tudo pra entrarmos fortes e concentrados amanhã para sermos campeões. Jogamos pelo empate, é uma pequena vantagem, mas Brasil e Argentina vai ser um jogo em que todos vão querer jogar, com toda motivação e respeitando a tradição dos grandes países. Vamos ter que trabalhar muito, estarmos muito concentrados e inspirados. É um jogo bem duro”, afirmou Cristiano.

DESTAQUE

CLASSIFICAÇÃO

1º BRASIL

2º ARGENTINA

3º CHILE

4º PARAGUAI

5º URUGUAI

6º REPÚBLICA DOMINICANA

O Pan-Americano também distribui para os três primeiros colocados vagas no Campeonato Mundial de Handebol, em julho, na Hungria.

DESTAQUE

PRÓXIMOS JOGOS

O Pan-Americano termina neste domingo, com o primeiro jogo, entre Uruguai e República Dominicana, às 11h, seguido de Chile x Paraguai às 13h. A última partida será Brasil x Argentina e está marcada às 15h.

Pan-Americano

Ao todo, seis seleções participam da competição:

  • Brasil

  • Argentina

  • Chile

  • Uruguai

  • Paraguai

  • República Dominicana

O torneio é disputado por pontos corridos. Brasil, Uruguai, Paraguai, Argentina, Chile e República Dominicana irão se enfrentar até domingo, dia 25, e o mais bem colocado erguerá o troféu. Além de valer a hegemonia no continente, o Pan-Americano distribui para os três primeiros colocados vagas no Campeonato Mundial de Handebol, em julho, na Hungria.

Três delas garantem vaga para o Mundial de Handebol a ser realizado em julho na Hungria. Os jogos serão disputados por rodízio e pontos corridos e as partidas serão realizadas no Ginásio Goiânia Arena.

O Campeonato Pan-Americano Júnior Feminino 2018 é organizado pela Federação Internacional de Handebol (IHF), a Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) e a Federação Goiana de Handebol (FGHb). São apoiadores o Governo de Goiás e a Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), por meio do Programa Estadual de Incentivo ao Esporte (Pró-Esporte).

Transmissão do jogos pelo facebook da Federação Goiana de Handebol

RESULTADOS

21/MAR - QUA

Chile 33x20 Uruguai

Argentina 38x19 República Dominicana

Brasil 30x22 Paraguai

22/MAR - QUI

República Dominicana 19x39 Chile

Paraguai 25x26 Argentina

Uruguai 15x26 Brasil

23/MAR - SEX

Argentina 26x31 Chile

Paraguai 32x27 Uruguai

Brasil 42x13 República Dominicana

24/MAR SAB

Argentina 25x14 Uruguai

República Dominicana 24x45 Paraguai

Chile 13x28 Brasil

TABELA DE JOGOS

25/MAR - DOM

11H00 - Uruguai X República Dominicana

13H00 - Chile X Paraguai

15H00 - Brasil X Argentina

Elenco Seleção Brasileira Júnior Feminina

GOLEIRAS

Geandra Leoncio R. de Souza (Pinheiros)

Renata Lais de Arruda (Goleira - BM La Calzada)

CENTRAIS

Rafaela Ferreira de Jesus (Ass. Cult. e Esp. Força Atlética)

Andrezza Paizinho Sales dos Santos (Português/Aeso)

Mariah Leite de Oliveira (Português/Aeso)

PIVÔS

Bruna Nascimento Baptista (São Bernardo/Unip)

Mariana Araujo Evangelista (Pinheiros)

Rafaela Mendes Faure (Pinheiros)

ARMADORAS

Gilvana Mendes Nogueira (Português/Aeso)

Giulia de Pieri Santos (Ass. Cult. e Esp. Força Atlética)

Iasmim dos Santos Albuquerque (BM Porriño)

Juliana Morgana Nunes Santos (Ass. Cult. e Esp. Força Atlética)

Caroline Duarte Costa (Morena) (Handebol de Maringá-PR)

PONTAS

Jamily Beatriz Nascimento Félix (Português/Aeso)

Maria Eduarda dos Santos (Pinheiros)

Rafaella Rodrigues Rocha Silva (Liga de Handebol-Novo Hamburgo)

Wendy Sthephany Victor da Silva (Português/Aeso)

Comissão técnica:

Técnico: Cristiano da Rocha Silva

Auxiliar técnico: Ruy Gonçalves Sanches

Treinadora de goleira: Margarida Conte

Fisioterapeuta: Mariana Vido Corassini

Supervisora: Claudia Pereira Sampaio Mota

*com informações da CBHB

#noticias #handebolnacional #panjúniorfeminino

0 visualização