• Andréa Rodrigues

Alemanha e Croácia são os adversários do Brasil nas quartas do Mundial de Handebol Escolar


Colégio Amorim (SP), do feminino, termina invicto a fase de grupos; Caic Balduíno (PI), do masculino, tropeça contra o atual campeão


A chuva fina que refrescou a cidade de Doha na manhã deste sábado (24/fev) não desanimou a delegação brasileira que entrou em quadra para mais um desafio no Mundial Escolar de Handebol. Depois de conquistar, nos dois naipes, a classificação para as quartas de final do torneio, o Brasil tinha o objetivo de passar invicto para a próxima fase, mas para que isso ocorresse era necessário vencer os confrontos desse domingo (25/fev) para enfrentar, teoricamente, adversários mais fracos nos próximos jogos.

MASCULINO

Pelo masculino os atletas que compõem o time do Brasil formados por alunos do Colégio Caic Balduíno, do Piauí, tiveram pela frente a árdua missão de enfrentar os atuais campeões do mundo, a temida equipe da Turquia. Mesmo tecnicamente bem durante toda a partida, o Brasil acabou pecando pelo excesso e com isso, atenta aos erros decisivos do time brasileiro, a Turquia mudou a postura no segundo tempo e acabou vencendo o jogo por 22 a 19. No fim da partida, o técnico brasileiro Giuliano Ramos não engoliu a derrota e deu uma dura no time. Insatisfeito com a apresentação verde e amarela, o treinador criticou a inércia da equipe e cobrou comprometimento e disciplina para o próximo jogo que será contra a Alemanha e definirá quem avançará para a semifinal da competição.

FEMININO

O time feminino fez uma partida bonita de assistir contra a Eslovênia. Melhor em todos os pilares do início ao fim do confronto, o Brasil, composto por atletas escolares do Colégio Amorim, de Sāo Paulo, corrigiu os erros cometidos no jogo contra a Grécia e venceu a partida contra a Eslovênia por 23 a 20. No fim do jogo, o Brasil chegou a fazer o 24º gol, mas a rede estava furada e a arbitragem acabou não percebendo. Mesmo assim, o time brasileiro conquistou a vitória e segue invicto para as quartas de final onde enfrentará a Croácia. Se vencer, a equipe feminina do Brasil automaticamente estará entre as quatro melhores seleções escolares de handebol do mundo.

PRÓXIMOS JOGOS | QUARTAS DE FINAL O Brasil volta às quadras nesta segunda (26/fev) com os seguintes confrontos:

Masculino | 07h30* | Brasil x Alemanha

Feminino | 04h00* | Brasil x Croácia

* horários de Brasília

Os dois jogos serão transmitidos ao vivo através da fanpage da CBDE no facebook

No feminino serão 19 países que se enfrentam em busca do título mundial, divididos em quatro chaves: três com cinco equipes e uma com quatro. O Brasil está no grupo C, ao lado de Eslovênia, Suécia e Grécia.

Confira abaixo os grupos do naipe FEMININO: GRUPO A Turquia Alemanha Romênia Bulgária Israel GRUPO B Hungria Áustria Sérvia República Tcheca Índia GRUPO C Eslovênia Brasil Suécia Grécia GRUPO D Dinamarca França Croácia Bélgica Geórgia

A delegação do Colégio Amorim:


Marcela Arounian Ana Luísa Fernandes Ana Luísa Rodrigues Maria Luíza Tavares Maria Carolina Bitencount Júlia Sorrentino Giovanna Hansen Maria Paula Lima e Dias Ariana Clara Mieres Maryanna Rodrigues Luara Bastos Jeniffer Alves Gabrielle Bitencourt Thaís Utino

Treinadora: Carla Antonucci

Na disputa masculina, 20 países formam quatro grupos com cinco equipes em cada um. O time brasileiro está na chave C, ao lado de Turquia, Grécia, Índia e Bélgica.

Confira abaixo os grupos que formam o naipe MASCULINO: GRUPO A Dinamarca Áustria Polônia Marrocos Qatar GRUPO B França Croácia Sérvia Irã Bulgária GRUPO C Turquia Brasil Grécia Índia Bélgica GRUPO D Alemanha República Tcheca Romênia Israel Geórgia

A delegação do CAIC:


Felipe Oliveira

Cláudio Lacerda

Matheus Silva

Darcisio Lopes

Felipe Silva

Natan Micael

Everton Batista

Lissandro Santos

Gabriel Costa

Davi Inoue

Álvaro Bruno

Francisco Eduardo

Diego Alan

Antônio Santo

Treinador: Giuliano Ramos

Na última edição do Mundial de Handebol realizado em Rouen, na França, em 2016 o Brasil conseguiu posições modestas nos dois naipes. Pelo masculino ficou em 7º lugar e com o feminino em 10º na classificação geral. Você poderá acompanhar os jogos da Seleção Brasileira pelo facebook da Confederação Brasileira do Desporto Escolar - CBDE

#noticias #handebolnacional #handebolescolar

5 visualizações