• Andréa Rodrigues

Brasileiros se preparam para Mundial de Handebol Escolar 2018


Competição começa dia 21/fev em Doha, no Qatar; 23 países disputarão o título


Atletas escolares de São Paulo e do Piauí vão representar o Brasil no Mundial de Handebol Escolar que será disputado em Doha, no Qatar, entre os dias 21 de fevereiro e 1º de março. O evento que é promovido pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), contará com a participação de 23 países que disputarão o título no Oriente Médio. A equipe feminina que vai vestir a camisa verde e amarela vem de São Paulo (SP). Formado por estudantes de 15 a 17 anos do Colégio Amorim, o time da treinadora Carla Antonucci mantém uma rotina pesada de treinamentos para encarar a competição. "Estamos orgulhosas com a oportunidade de participar de um Campeonato Mundial reapresentando o Brasil. O momento agora é de preparação, foco total para afinar os últimos detalhes físicos, ‘técnico-táticos’ e psicológicos para chegar na melhor forma nos jogos. Lutamos muito para alcançarmos esse objetivo e por isso não tenham dúvidas que cada uma fará o seu melhor para representar o país", destacou.


No feminino serão 19 países que se enfrentam em busca do título mundial, divididos em quatro chaves: três com cinco equipes e uma com quatro. O Brasil está no grupo C, ao lado de Eslovênia, Suécia e Grécia.

Confira abaixo os grupos do naipe FEMININO: GRUPO A Turquia Alemanha Romênia Bulgária Israel GRUPO B Hungria Áustria Sérvia República Tcheca Índia GRUPO C Eslovênia Brasil Suécia Grécia GRUPO D Dinamarca França Croácia Bélgica Geórgia

A delegação do Colégio Amorim:


Marcela Arounian Ana Luísa Fernandes Ana Luísa Rodrigues Maria Luíza Tavares Maria Carolina Bitencount Júlia Sorrentino Giovanna Hansen Maria Paula Lima e Dias Ariana Clara Mieres Maryanna Rodrigues Luara Bastos Jeniffer Alves Gabrielle Bitencourt Thaís Utino

Treinadora: Carla Antonucci

O time masculino do Brasil é composto por atletas do Caic Professor Balduino Barboza de Deus, instituição piauiense de ensino tradicional nesta modalidade. Como venceu o brasileiro realizado em Guarapari no ano passado, a equipe do técnico Giuliano Ramos carimbou o passaporte para Doha, onde vai em busca de uma boa colocação.

"Nosso time está preparado e com certeza irá brigar pelo título mundial. Os treinamentos estão a todo vapor aqui em Teresina. É lógico que como estamos próximos da viagem sempre bate aquela ansiedade, mas estamos trabalhando esse fator para que possamos chegar lá com os pés no chão", comentou o treinador.


Na disputa masculina, 20 países formam quatro grupos com cinco equipes em cada um. O time brasileiro está na chave C, ao lado de Turquia, Grécia, Índia e Bélgica.

Confira abaixo os grupos que formam o naipe MASCULINO: GRUPO A Dinamarca Áustria Polônia Marrocos Qatar GRUPO B França Croácia Sérvia Irã Bulgária GRUPO C Turquia Brasil Grécia Índia Bélgica GRUPO D Alemanha República Tcheca Romênia Israel Geórgia

A delegação do CAIC:


Felipe Oliveira

Cláudio Lacerda

Matheus Silva

Darcisio Lopes

Felipe Silva

Natan Micael

Everton Batista

Lissandro Santos

Gabriel Costa

Davi Inoue

Álvaro Bruno

Francisco Eduardo

Diego Alan

Antônio Santo

Treinador: Giuliano Ramos

Na última edição do Mundial de Handebol realizado em Rouen, na França, em 2016 o Brasil conseguiu posições modestas nos dois naipes. Pelo masculino ficou em 7º lugar e com o feminino em 10º na classificação geral. Você poderá acompanhar os jogos da Seleção Brasileira pelo facebook da Confederação Brasileira do Desporto Escolar - CBDE

#noticias #handebolnacional #handebolescolar

4 visualizações