• Andréa Rodrigues

Sem Gui Leonel, Pinheiros retorna ao Brasil após Super Globe


Armador quebrou o pé no último jogo da equipe masculina de handebol no Mundial de Clubes do Qatar


A equipe masculina de handebol do Esporte Clube Pinheiros iniciou o retorno ao Brasil na noite dessa segunda-feira (horário local) após conquistar o quinto lugar no Super Globe, o Mundial de Clubes, que é realizado no Qatar. Mas o armador esquerdo do Guilherme Leonel vai permanecer no Qatar até pelo menos o próximo sábado. Ele quebrou o pé na última partida do time, que foi contra o Esperance Sportive da Tunísia, e precisa ser operado.


De acordo com as informações obtidas pela Tchê Esportes, o tornozelo ainda está muito inchado e os médicos que o atenderam não deixaram que ele retornasse ao Brasil junto com a equipe. O fisioterapeuta do Pinheiros Bruno Diniz ficou em Doha e vai acompanhar o atleta até que ele tenha alta.


O incidente aconteceu aos 18min do segundo tempo, quando Gui Leonel saltou para chutar, mas na queda o pé esquerdo "prendeu" no piso da quadra e virou para trás (foto abaixo).


O armador tem 21 anos, 1,95 m de altura e pesa 93 kg. Ele marcou 5 gols na competição, em 13 chutes (38%). Atuou nas três partidas disputadas pelo Pinheiros, num total de 35 min e 38 seg. A equipe brasileira ficou em quinto lugar na competição.


#noticias #superglobemasc2017 #handebolinternacional #superglobe #handebolnacional

0 visualização