• Andréa Rodrigues

Argentina supera o Brasil na final do Pan Juvenil de Handebol


Seleção Brasileira Masculina perde para a Argentina nos segundos finais da prorrogação; Torriani, Comerlatto e Paulo Oliveira estão na equipe ideal


Brasil e Argentina entraram em quadra invictos para a final do XIII Campeonato Pan-Americano Masculino Juvenil de Handebol, que foi disputado em Santiago do Chile e encerrou-se na noite desse sábado (23/abr). As duas melhores equipes do torneio fizeram um jogo muito equilibrado, onde quem errou menos ficou com o título. A Argentina venceu o Brasil com um gol aos faltando poucos segundos para o final da prorrogação. Final: 22 a 21 para los hermanos.

“Realmente foi muito ruim e até dolorido, porque os meninos tiveram um empenho defensivo fantástico, mas tivemos pouca eficiência ofensiva, principalmente no início do primeiro tempo. Roubamos muitas bolas e tínhamos uma parcial de cinco a zero para ser feita e desperdiçamos. Tivemos um dia bem ruim. E tivemos também a lesão do jogador Matheus, armador central, com isso tivemos só o Marcos Freire pra fazer a função. Não adianta a gente massacrar os meninos, que são muito jovens. A ideia é dar continuidade, fazer uma boa base de treinamentos daqui até o Mundial”, disse o técnico brasileiro Washington Nunes à Tchê Esportes.


1º Tempo

O Brasil começou bem, abriu dois gols, mas logo viu a Argentina empatar e percebeu que não teria moleza no jogo. Logo de cara o goleiro argentino Santiago Giovagnola mostrou ótimo posicionamento e reflexo, fazendo defesas difíceis que se repetiram ao longo da partida. Gol a gol, a etapa terminou em 8 a 8.


2º Tempo

No segundo tempo a Seleção Brasileira chegou a ficar à frente do placar com uma diferença de três bolas por duas vezes, mas não conseguiu segurar a Argentina, que fazia ótimo trabalho defensivo. Enquanto isso o Brasil era mais irregular no ataque, precipitando alguns chutes. Os argentinos chegaram a passar à frente por uma bola, mas o jogo terminou empatado em 16 a 16 e foi para a prorrogação.

Prorrogação

No primeiro tempo o Brasil chegou a ficar dois gols à frente da Argentina, mas novamente não conseguiu segurar o placar. Ainda precipitou algumas bolas e viu o adversário terminar na frente por 19 a 18.

Na etapa final da prorrogação o Brasil chegou, no máximo, a empatar. A Argentina crescia na partida, ainda mais com as defesas do goleiro Giovagnola. Faltando 15 segundos para o fim, a Argentina marcou o gol do título: 22 a 21.

Seleção do Campeonato (da esquerda para a direita)

  • Ponta Direita: Martin Arakaki (Argentina)

  • Ponta Esquerda: Guilherme Torriani (Brasil)

  • Meia Direita: Leonardo Comerlatto (Brasil)

  • Meia Esquerda: Paulo Oliveira (Brasil)

  • Central: Yericsson Monroy (Venezuela)

  • Pivô: José Luis Lopes (Chile)

  • Goleiro: Santiago Giovagnola (Argentina)


Melhor Jogador do Campeonato

Paulo Oliveira (Brasil)



Elenco Seleção Brasileira


Goleiros

Jeroty Rodrigues Carlos (São Bernardo-SP)

João Robson Santos Martins (JR98/PSul-DF)

Lucas Pereira dos Santos (Taubaté-SP)

Armadores

Guilherme Borges Moraes Silva (Taubaté-SP)

Gustavo Nogacz (EC Pinheiros-SP)

Jonathan Fernandes da Silva (Taubaté-SP)

Leonardo Marcelo Comerlatto (Taubaté-SP)

Paulo Vinícius Oliveira Cândido (FC Porto-Portugal)

Pedro Augusto Mota Teles (ASHb/Sorriso-MT)

Marcos Vinnycius Freire Guimarães (Sport Recife/Uninassau-PE).

Centrais

Matheus Lucas Gerhardt (ASHb/Sorriso-MT)

Tarcísio Freitas de Oliveira (Castro Alves-ES).

Pontas

Allefer Higor Bellan (Aceu/Univali/Fmebc-SC)

Guilherme Miguel Laranjeiro Torriani (Taubaté-SP)

Kaleby Louzada Silva (Castro Alves-ES)

Leandro Alves Monte da Silva (EC Pinheiros-SP)

Ronaldo Catarino Júnior (Guarulhos-SP).

Pivôs

Edney Silva Oliveira (Maringá-PR)

Carlos Eduardo dos Santos Júnior (Campos/Flamengo-RJ)

Matheus Pereira Bastos (ASHb/Sorriso-MT).

Comissão técnica

Técnico: Washington Nunes

Assistente técnico: Drean Dutra

Supervisor: Cássio Marques

Fisioterapeuta: Gustavo Barbosa

Chefe de equipe: Marcus Oliveira (Tatá)

Elenco Seleção Argentina


Santiago Giovagnola - Jeremy Figueredo - Tomas Gallardo - Ezequiel Flores - Federico Saud Sulak - Tomas Peguri - Federico Gimenez - Santiago Blanco - Pedro Martinez - Martin Arakaki - Ignacio Lopez - Tomaz Mendieta - Tomas Cañete - Lucas Aizen - Nicolas Samudio - Mateo Palacios.

Comissão técnica

Técnico: Hernan Siso

Assistente técnico: Osvaldo Lopez


#noticias #panjuvm #pan2017juvm #pan2017juv #handebolinternacional

5 visualizações