• Andréa Rodrigues

Brasil deixa Costa Rica sem opções táticas no Pan Juvenil de Handebol


Seleção masculina aposta em jogo veloz e já pensa nas próximas partidas em busca de vaga para Mundial


A Seleção Brasileira não teve dificuldade para vencer a Costa Rica pela XIII Campeonato Pan-americano Juvenil Masculino de Handebol, que acontece em Santiago do Chile. No jogo desse domingo (16/abr) o Brasil apostou na velocidade, melhorou as ações defensivas, roubou muitas bolas e fez boas transições. Com isso, a Costa Rica ficou sem opções táticas e viu a Seleção abrir grande vantagem já no primeiro tempo: 25 a 4.

Se no primeiro tempo a Costa Rica ficou pelo menos os 15 minutos finais sem conseguir marcar, na segunda etapa não foi tão diferente. O primeiro gol dos costa-riquenhos saiu somente aos 12 minutos e depois disso eles marcaram apenas mais duas vezes. O Brasil aproveitou os erros do adversário e continuou imprimindo forte ritmo, mesmo com larga vantagem no placar. Final: Brasil 40 x 7 Costa Rica.

“O sistema defensivo funcionou muito bem, as transições também. Precisamos evoluir nas questões de melhoria na finalização e acho que jogo a jogo eles vão encaixando um pouco mais e minimizando esses problemas. Acredito que jogos contra a Venezuela, possível semifinalista, Uruguai, Chile possam ser jogos com um parâmetro um pouco maior para observarmos os meninos e prepará-los para uma possível final, que é a nossa esperança”, avaliou o técnico Washington Nunes, do Brasil.

MELHOR DA PARTIDA O ponta Leadro Monte da Silva foi escolhido o “Melhor Jogador da Partida”. À transmissão do evento ele afirmou: “Já pensamos nos próximos adversários. Estamos focados na vaga para o Mundial”, disse o jogador.


ARTILHEIRO Os pontas brasileiros Leandro Monte e Ronaldo Catarino foram os artilheiros da partida, com sete gols cada um.

SEM MOLEZA O técnico Washington Nunes não relaxou nem com o placar elástico. Ele pedia a todo momento que os jogadores continuassem com as ações combinadas e assim a equipe precisou manter-se focada para evitar os erros.

FICHA DO JOGO

ARBITRAGEM

Juan Coba (MEX) Osmar Oslde (MEX)


CARTÕES AMARELOS

Brasil – 1 Costa Rica – 0

EXCLUSÕES

Brasil – 1 Costa Rica – 4

PÚBLICO

250 pessoas no Centro de Treinamento Olímpico

COMO FICA


Forma de disputa

São 11 equipes que jogarão divididas em dois grupos: um com seis times e outro com cinco participantes

Os primeiros de cada grupo avançam às semifinais e estão automaticamente classificados para o mundial da Geórgia.

As equipes que terminarem em 3º e 4º lugares de cada grupo, jogarão para definir do 5º ao 8º colocado. A Seleção que terminar na quinta posição ficará com a última vaga para o Mundial

As três equipes restantes (5º e 6º de cada grupo) jogarão para definir do 9º ao 11º lugares.

Grupo A

Argentina (ARG)

Venezuela (VEN)

Uruguai (URU)

Porto Rico (POR)

Canadá (CAN)

Grupo B

Brasil (BRA)

Chile (CHI)

Estados Unidos (EUA)

Paraguai (PAR)

México (MEX)

Costa Rica (CRC)

JOGOS DO BRASIL (Grupo B)

15/ABR SAB | 18H00 BRA 33x21 MEX

16/ABR DOM | 14H00 CRC 07x40 BRA

17/ABR SEG | 18H00 BRA – EUA

18/ABR TER | 16H00 PAR – BRA

20/ABR QUI | 20H00 BRA – CHI

Elenco Seleção Juvenil Masculina

Goleiros

Jeroty Rodrigues Carlos (São Bernardo-SP)

João Robson Santos Martins (JR98/PSul-DF)

Lucas Pereira dos Santos (Taubaté-SP)

Armadores

Guilherme Borges Moraes Silva (Taubaté-SP)

Gustavo Nogacz (EC Pinheiros-SP)

Jonathan Fernandes da Silva (Taubaté-SP)

Leonardo Marcelo Comerlatto (Taubaté-SP)

Paulo Vinícius Oliveira Cândido (FC Porto-Portugal)

Pedro Augusto Mota Teles (ASHb/Sorriso-MT)

Marcos Vinnycius Freire Guimarães (Sport Recife/Uninassau-PE).

Centrais

Matheus Lucas Gerhardt (ASHb/Sorriso-MT)

Tarcísio Freitas de Oliveira (Castro Alves-ES).

Pontas

Allefer Higor Bellan (Aceu/Univali/Fmebc-SC)

Guilherme Miguel Laranjeiro Torriani (Taubaté-SP)

Kaleby Louzada Silva (Castro Alves-ES)

Leandro Alves Monte da Silva (EC Pinheiros-SP)

Ronaldo Catarino Júnior (Guarulhos-SP).

Pivôs

Edney Silva Oliveira (Maringá-PR)

Carlos Eduardo dos Santos Júnior (Campos/Flamengo-RJ)

Matheus Pereira Bastos (ASHb/Sorriso-MT).

Comissão técnica

Técnico: Washington Nunes

Assistente técnico:Drean Dutra

Supervisor: Cássio Marques

Fisioterapeuta: Gustavo Barbosa

Chefe de equipe: Marcus Oliveira (Tatá)


#noticias #panjuvm #pan2017juvm #pan2017juv #handebolinternacional

0 visualização