• Andréa Rodrigues

Capote: grande massa muscular evitou que ficasse paraplégico


Jogador de handebol cubano naturalizado catari sofreu grave acidente de automóvel em Doha e fraturou vértebra C6



O atleta Rafael Capote, que nasceu em Cuba mas se naturalizou catari, vai poder voltar a jogar handebol em seis meses. Ele sofreu um grave acidente de carro em Doha e fraturou a vértebra C6, mas de acordo com informações dos médicos que o operaram, ele não ficará com nenhuma sequela. A informação foi publica pelo blog Mundo Handball nessa quarta-feira (22/mar).

- Cubano naturalizado catari sofre grave acidente e recuperação levará seis meses (Globo.com)

O representante do jogador, Marcos Fernández, disse em uma entrevista publicada por Handball de Primera que as lesões nessa vértebra costumam deixar paraplégicos 80% dos lesionados. E que foi a forte musculatura dele que impediu que tivesse essas graves consequências.


#noticias #handebolinternacional

3 visualizações