• Andréa Rodrigues

Brasil está confiante para estreia no Pan Junior de Handebol Masculino


Mesmo enfrentando adversário sem tradição na modalidade, Seleção terá atenção total em jogo dessa segunda (20/jan)


O primeiro adversário do Brasil no Pan-americano de Handebol Masculino Junior nessa segunda-feira (20/mar) às 19h é um país sem tradição na modalidade: os Estados Unidos. Apesar disso, a orientação dada aos atletas pelo técnico Hélio Justino, o Helinho, é de jogar forte. “Não conhecemos nada sobre a equipe dos Estados Unidos, então ele pediu para entrar o mais forte possível”, resumiu o central Henrique Petter, jogador do BM Villa de Aranda da Espanha.


De fato, o handebol não é um dos esportes favoritos dos norte-americanos. A federação é amadora e tem apenas 50 clubes cadastrados e aproximadamente mil membros. A modalidade não recebe investimentos do governo, já que a destinação de recursos está diretamente ligada a resultados. Ainda assim, os atletas brasileiros querem ter atenção máxima com o adversário. “Sempre quando tem alguma estreia dá um pouco de ansiedade. E a gente não tem ideia de como pode ser o jogo deles”, disse Leonardo Abrahão, outro central da Seleção e que atua pelo Esporte Clube Pinheiros.


A Seleção Brasileira teve pouco tempo para se preparar para a competição, mas os jogadores dizem que o grupo já se conhece e que isso facilita muito o entrosamento em quadra. “Apesar de treinamos muito pouco para esse Pan, quase todos aqui já jogaram juntos. Então cada um sabe o que o outro faz e sabemos que todos têm capacidade de fazer um bom jogo”, avaliou Petter.

Leo Abrahão fez coro como o colega. “A gente se conhece há bastante tempo. Em 2015 a maioria desse grupo treinou junto e também disputamos campeonatos. Mesmo os que estão chegando agora jogam com muitos daqui ou já jogaram.” O grupo tem atletas bastante experientes como os armadores Gabriel Ceretta e Leo Dutra, e o ponta Guilherme Torriani, que estiveram no Mundial Adulto de Handebol em janeiro, na França. O esquema adotado na competição deve ser o 5-1 na maior parte do tempo.

O Brasil é o atual campeão do torneio e na primeira fase vai enfrentar, além dos Estados Unidos, o Chile pelo grupo B. No grupo A estão Argentina, Uruguai, Paraguai e República Dominicana. O Pan-Americano é classificatório para o Mundial Júnior, que este ano será disputado na Argélia, em julho.

Agenda de jogos da Seleção Brasileira Junior

Segunda - 20/mar

19H - Brasil vs Estados Unidos

Quarta - 22/mar

19H30 - Brasil x Chile

Sexta - 24/mar - Semifinais

Sábado - 25/mar - Finais

Seleção Júnior Masculina de Handebol

Goleiros

Marcos Vinicius Colodeti (São Bernardo/Metodista-SP)

Murillo Araújo Santana (EC Pinheiros-SP).

Armadores

André Gonçalves de Lima Amorim (BM Villa de Aranda-Espanha)

Gabriel Ceretta Jung (Anaitasuna-Espanha)

Guilherme Leonel Costa da Silva (EC Pinheiros-SP)

Leonardo Dutra Ferreira (EC Pinheiros-SP)

Patrick André Toniazzo Lemos (FC Porto-Portugal)

Paulo Vinícius Oliveira Cândido (FC Porto-Portugal).

Centrais

Henrique José Petter Solenta (BM Villa de Aranda-Espanha)

Leonardo Abrahão Silveira (EC Pinheiros-SP)

Pontas

Cauê Ceccon Baptista (EC Pinheiros-SP)

Guilherme Miguel Torriani (Taubaté/FAB/Unitau-SP)

Marcos Vinícius Vieira dos Santos (ADJF/Independência Trade-MG)

Pedro Paulo Alves Júnior (MRV/Unicesumar/Londrina-PR)

Pivôs

Edney Silva Oliveira (PM Maringá/Unimed/Unifamma-PR)

Wagner Tenório Alves (Associação Brasileira 'A Hebraica'-SP).

Comissão técnica

Técnico: Hélio Lisboa Justino

Auxiliar técnico: Joel Teixeira Dutra

Supervisor: Cássio Marques

Treinador de goleiros: Diogo Castro

Fisioterapeuta: Gustavo Barbosa

Coordenador Nacional de Seleções: Washington Nunes

#noticias #pan2017jrm

0 visualização