• Andréa Rodrigues

Brasil arruma o time no Mundial de Handebol e vence a Polônia


Teve Maik fechando a trave, Haniel e Zé Toledo puxando o ataque e a volta de Thiagus no segundo jogo do Campeonato Mundial Masculino


A Seleção Brasileira venceu a Polônia por 28 a 24 na tarde desse sábado (14/jan) no Parque de Exposições em Nantes, na França, onde está sendo disputado o Campeonato Mundial Masculino. A equipe estava muito focada em reverter o mau resultado da estreia contra a França e já de cara mostrou poder ofensivo com Zé Toledo e Haniel, chegando a abrir 5 a 0. O primeiro gol polonês só saiu quase aos oito minutos.

O Brasil começou bem o jogo, com Maik no gol, a volta de Thiagus Petrus e uma defesa forte. Zé Toledo puxou o ataque logo no início e Haniel teve 100% de aproveitamento na etapa. Os dois foram responsáveis por 10 dos 16 gols do primeiro tempo, cinco de cada um. A Seleção foi mais efetiva, só que a partir dos 15 minutos os jogadores começaram a pedir substituição, já que o ritmo de jogo era muito intenso. Oswaldo entrou bem no lugar de Zé a ainda anotou dois gols.


No final do período, um momento delicado foi quando o Brasil, sem Thiago Ponciano que mal entrou e levou 2 minutos, ainda viu o ponta Chiuffa ser excluído ao se “enroscar” em um retorno defensivo com um jogador polonês. No entanto, o atleta brasileiro foi puxado pela camiseta antes de ver o adversário se jogar no chão. Mais cansada, nos últimos minutos da etapa a Seleção teve dificuldade na defesa, mas aí apareceu o goleiro Maik, que nos cinco minutos finais parou quatro ataques.


No segundo tempo o Brasil continuou bem na defesa e manteve a média de cinco a seis gols de vantagem. A Seleção realizou várias roubadas de bola e no ataque o pivô Tchê conseguiu ser mais efetivo. Novamente Zé Toledo e Haniel comandaram a parte ofensiva, com Thiagus sendo importante na organização tática.

Aos 20 minutos e 45 segundos a Seleção marcou o 26º gol (26x19), mas só voltou a colocar a bola na rede oito minutos depois (27x23). Durante esses minutos o goleiro da Polônia Adam Morawski (5/17 – 29%) cresceu diante da trave e até um 7 metros cobrado pelo central Teixeira ele defendeu. No final, o Brasil conseguiu manter a superioridade e fechou a partida por 28 a 24. O goleiro Maik teve 35% de aproveitamento (13/37), Haniel 70% (7/10) e Zé Toledo 57% (8/14). Ele também foi o artilheiro do jogo com 8 gols e eleito o MVP (Jogador Mais Valioso, na sigla em inglês) pela organização.


Brasil e Polônia jogaram em busca da vitória, já que vinham de derrotas para França e Noruega, respectivamente. Além disso, para a Polônia era uma “revanche” das Olimpíadas, quando a Seleção venceu por 34 a 32. Embora as duas equipes estejam diferentes e renovadas, a boa vitória brasileira mostra que o Brasil tem potencial para avançar no campeonato. E a torcida brasileira presente no ginásio vibrou muito com a primeira vitória na competição.


A Seleção Brasileira volta a jogar neste domingo (15/jan) às 17h45 (horário de Brasília) contra o Japão. A partida terá transmissão do Sportv 3 e da ESPN.

Melhores Momentos do jogo BRA vs POL


ELENCO - Seleção Brasileira Masculina de Handebol

GOLEIROS

César Augusto de Almeida 'Bombom' (OIF Arendal-Noruega)

Maik Santos (AL-Rayyan-Qatar)

ARMADORES

Gabriel Ceretta Jung (FC Barcelona-Espanha)

Haniel Lângaro (BM Naturhouse La Rioja-Espanha)

José Guilherme de Toledo (Orlen Wisla Plock-Hungria)

Oswaldo Maestro Guimarães (Anaitasuna-Espanha)

Thiago Alves Ponciano (BM Ciudad Encantada-Espanha)

Thiagus Petrus Gonçalves dos Santos (Mol-Pick Szeged-Hungria)

CENTRAIS

Henrique Teixeira (CB Huesca-Espanha)

João Pedro Francisco da Silva (Chambery Savoie Handball-França).

PONTAS

Claryston David Cordeiro Novais (ADJF/Independência Trade-MG)

Fábio Chiuffa (KIF Kolding - Dinamarca)

Guilherme Torriani (Vegus/Guarulhos-SP)

Lucas Cândido (BM Guadalajara-Espanha).

PIVÔS

Alexandro Pozzer (Fertiberia Puerto Sagunto-Espanha)

Rogério Moraes (WC Vardar-Macedônia) .

COMISSÃO TÉCNICA

Técnico: Washington Nunes

Assistente técnico: Hélio Lisbo Justino

Treinador de goleiros: Diogo Castro

Preparador físico: Fernando Millaré

Fisioterapeuta: Gustavo Barbosa

Supervisor: Cássio Marques

LEIA TAMBÉM

Com Petrus de volta e time inspirado, Brasil vence Polônia por 28 a 24

Após parar em paredão francês, Brasil foca na Polônia por vaga nas oitavas

Com goleiro paredão, França goleia o Brasil na estreia do Mundial em casa

25º Campeonato Mundial de Handebol Masculino - França 2017

#noticias #mundialfrança2017masculino #seleçãoadultam #SeleçãoBrasileiraHandebol

0 visualização