• Andréa Rodrigues

São Caetano é a terceira força do handebol masculino em São Paulo


Equipe venceu São Bernardo/Metodista por 23 a 21 e conquistou o terceiro lugar do Super Paulistão Masculino de Handebol


O São Caetano do técnico Washington Nunes se tornou a terceira força do handebol paulista ao vencer a equipe do São Bernardo/Metodista por 23 a 21. A decisão foi em uma partida única, que aconteceu na noite dessa quinta-feira (27/out) no ginásio da EDA, em São Caetano do Sul (SP). “Marcamos bem o retorno de são Caetano“, comentou Nunes sobre a volta ao pódio da competição.


Após o retorno à disputa do Super Paulistão em 2015, quando o time não se classificou para os playoffs – ficou em sexto lugar – o time teve uma reformulação. O central Diogo Hubner, os pivôs Cauê Herrera e Thiago “Duplex”, o ponta Diego Lago e o goleiro Roney vieram para reforçar o time, que já contava com os armadores Bruno Santana e com Gustavo Japa Nakamura.

As contratações se encaixaram muito bem no esquema montado por Nunes e supervisionado por Flavio Pontes. Com orçamento mais enxuto logo após os primeiros jogos da competição, atletas e comissão técnica se empenharam e mobilizaram a cidade em busca de recursos e de apoio da torcida. Com isso os jogos no ginásio da EDA passaram a ter mais público e muitas pessoas colaboraram e incentivaram a equipe. “Só quem está próximo ou vive o dia a dia sabe como é difícil fazer esporte no nosso país”, lembrou o central Diogo Hubner.

“Os Laranjas”, como ficaram conhecidos, terminaram a fase classificatória em segundo lugar. Nas semifinais perderam a primeira partida contra o Pinheiros e ganharam a segunda, o que provocou o terceiro jogo, também vencido pelo Pinheiros. A derrota deixou a equipe bastante triste, já que o objetivo – considerado possível – era chegar à final. A disputa do terceiro lugar foi contra o vice-campeão de 2015, a Metodista.

DESTAQUE

MELHOR DO JOGO

O central Diogo Hubner foi escolhido o “Melhor Jogador da Partida” pela Federação Paulista de Handebol (FPHb).


DESTAQUE

ARTILHEIROS

Diogo Hubner, do São Caetano, e Gabriel Silva, do São Bernardo/Metodista, foram os artilheiros da partida com seis gols cada um.


SÚMULA DO JOGO

ARBITRAGEM: Thiago Marques e Bruno Azevedo

SECRETÁRIO: Ronaldinho

CRONOMETRISTA: Maria Fazzani


LEIA MAIS

Classificação final do Super Paulistão


#superpaulistão #handebolmasculino #spm2016 #noticias #sãocaetanomasculino #metodistamasculino #sãobernardomasculino

0 visualização