• Andréa Rodrigues

Pinheiros devolve derrota para Blumenau pela Liga Feminina



Equipe da capital conseguiu a segunda vitória pela Liga Nacional Feminina de Handebol


O Esporte Clube Pinheiros venceu o jogo da volta contra o Blumenau por 31 a 22 na noite dessa quinta-feira (13/out) no ginásio poliesportivo do Pinheiros, em São Paulo (SP). Com isso, o clube da capital conquistou a segunda vitória na Liga Nacional Feminina de Handebol e ainda conseguiu reverter derrota por oito bolas na primeira partida do time na competição.

“Com as novas jogadoras pudemos manter a intensidade da partida e jogamos com muitas formações diferentes. Num jogo de handebol como esse a intensidade é muito importante. O que atrapalhou um pouco foram as punições e é algo que temos que melhorar pra poder jogar o maior tempo possível com seis jogadoras”, disse Alex Aprile, técnico do Pinheiros.


A partida começou equilibrada e até os 10 min do primeiro tempo a diferença era de apenas um gol a favor do Pinheiros. Aos 13 min,o time abriu três bolas e a defesa trabalhava muito forte. Cerca de cinco minutos depois, o Pinheiros levou duas punições de dois minutos em sequência. Mas mesmo nesses momentos o Blumenau não aproveitou a superioridade numérica para tirar a diferença. A partir dos 20 min as defesas da goleira Alice, do Pinheiros, também ajudaram a segurar o ataque adversário. Pinheiros fechou a etapa com vantagem de 16 a 8.

No segundo tempo o Pinheiros continuou a atacar melhor. Blumenau parava na forte marcação pinheirense e aos 15min a diferença chegava a dez bolas. O técnico da equipe catarinense Sergio Graciano estava bastante irritado com sua equipe, que não conseguia reagir. Aos 27min30seg a central Dani Jóia, do Pinheiros, foi desqualificada (cartão vermelho) por ter levado o terceiro cartão amarelo e teve que deixar a quadra. Mas o jogo já estava no final e terminou 31 a 22 a favor do Pinheiros.

“No primeiro jogo lá em Blumenau vimos nossa equipe bastante focada na estreia da Liga Nacional. Aqui jogamos sem um padrão tático que é inerente à nossa equipe, nosso ataque não produziu e nos momentos de superioridade numérica não usamos a nossa bola tática. Temos que mudar nossa postura ofensiva para os próximos jogos”, avaliou Sérgio Graciano, técnico do Blumenau.


DESTAQUE

ARTILHEIRA

A armadora Juliana Lima, do Pinheiros, foi a artilheira da partida com nove gols. Pelo Blumenau, Carlline Minto marcou sete vezes.


DESTAQUE

LUXAÇÃO


Ketheli Guimarães, do Blumenau, teve uma luxação no ombro logo no início da partida. Ela precisou da ajuda do fisioterapeuta Bruno Diniz, do Pinheiros, para recolocá-lo no lugar. Passada a dor inicial ela ainda voltou para a partida. Ketheli contou que foi a 20ª vez que isso aconteceu e que seu caso é de cirurgia. “Agora acho que cheguei no meu limite”, disse à Tchê Esportes.


DESTAQUE

MORTEN SOUBAK NA ARQUIBANCADA

O técnico da Seleção Brasileira Feminina Morten Soubak estava na arquibancada e assistiu à partida. Ele em breve irá divulgar a lista das convocadas para o Torneio Quatro Nações.


SÚMULA

ÁRBITROS

Daniel Magalhães e Adriano Rocha



SECRETÁRIA E CRONOMETRISTA

Priscila Rivero e Karina Mendes

DELEGADO DA PARTIDA

Bruno de Melo

EXCLUSÕES

Pinheiros (9)

Blumenau (5)




GALERIA

Regulamento

Dos cinco times que participam da Conferência Sul/Sudeste/Centro, quatro se classificam para as quartas de final da Liga Nacional Feminina de Handebol. Os outros quatro times virão das Conferências Norte e Nordeste – dois de cada uma das divisões.

#noticias #LigaNacionaldeHandebol #LNF2016 #pinheirosfeminino

0 visualização