• Andréa Rodrigues

Em clássico na Liga, Metodista vence Pinheiros



Equipes paulistas jogaram com reforços pela Liga Nacional Feminina de Handebol


A equipe de São Bernardo/Metodista, campeã da Liga Nacional Feminina de Handebol no ano passado, venceu o Esporte Clube Pinheiros na tarde desse sábado (1/out) pela competição de 2016. O clássico entre os dois times paulistas foi muito disputado e começou com o Pinheiros pressionando a equipe de São Bernardo, que conseguiu equilibrar o jogo e controlar o placar já no primeiro tempo. A partida realizada no ginásio poliesportivo do Pinheiros terminou com a vitória do São Bernardo/Metodista por 25 a 21 (15x12).

“O Pinheiros veio com uma proposta, em relação à nova regra, de jogar sem a goleira e com sete na linha. E a gente teve um pouco de dificuldade, isso é normal. Mas levamos uns cinco ou seis minutos pra nos adaptarmos a esse ataque e depois fizemos até três ou quatro gols de goleira”, disse o técnico da Metodista Eduardo Carlone à Tchê Esportes. Foi a terceira vitória seguida da equipe, que estreia em casa somente no sábado (8/out) contra Montes Claros (MG).


Já o Pinheiros vive momento oposto, com duas derrotas fora e uma em casa para a Metodista. No entanto, o técnico Alex Aprile disse que o desempenho da equipe foi bom apesar da derrota. “A Metodista teve muita competência em defender as nossas sete atacantes e de repente tomamos uma virada muito rápida, depois de abrir bem no início. Mas eu gostei bastante porque foi coeso”, avaliou Aprile, referindo-se principalmente aos reforços que estrearam na partida.


O Pinheiros trouxe a meia esquerda Tainara Luna Gonçalves, que jogou na temporada passada na Noruega; a central Dani Jóia, que estava no São Caetano, e a pivô Tamires Anselmo, que disputou o Super Paulistão pelo Santos, mas que não jogou por falta de liberação da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb). “Mudou bastante em relação às meninas que saíram, que são mais leves – Gabi Pessoa, Gabi Romero e Renata Cruz –, e eu tenho que reaprender a montar o time, porque pra mim também é novo. E eu acredito que esse grupo vai crescer muito, que possa melhorar bastante, até pra nos recuperarmos na competição”, analisou Aprile.



São Bernardo contratou a armadora Gabriela Pessoa, que era do Pinheiros mas ainda não havia jogado a Liga pelo clube da capital. “A Gabi eu já conhecia, tinha trabalhado com ela na Seleção Junior. Então a gente já se conhecia e fica mais fácil ela se adaptar, principalmente no estilo de jogo. E hoje ela fez uma boa estreia”, avaliou Carlone, da Metodista.


DESTAQUE

ARTILHEIRAS

As atletas Dani Jóia, do Pinheiros, e Livia Horácio, da Metodista, foram as artilheiras da partida, com seis gols, cada.

FICHA DO JOGO

ÁRBITROS

Fabio Passos e Rodolfo costa



SECRETÁRIA E CRONOMETRISTA

Cláudia Mota e Monia Augusto

DELEGADO

Rogério Fiacadori

EXCLUSÕES

Pinheiros (3)

São Bernardo/Metodista (1)

Tabela de Classificação Conferência Sul/Sudeste/Centro



GALERIA

#noticias #LigaNacionaldeHandebol #LNF2016 #pinheirosfeminino #metodistafeminino #sãobernardofeminino

0 visualização