• Andréa Rodrigues

Santo André mantém invencibilidade ao vencer Santos


Equipe do ABC ganhou por 26 a 19 e se mantém entre as equipes da ponta do Super Paulistão Feminino de Handebol


O Santo André venceu o CEPE/Santos por 26 a 19 e manteve a invencibilidade pelo Super Paulistão Feminino de Handebol. A equipe se mantém entre as cinco que estão com oito pontos na competição. A partida dessa quinta-feira (05/mai) aconteceu na Arena Santos, em Santos (SP).

O JOGO

O primeiro tempo foi bastante equilibrado entre as equipes. Santos começou pressionando bastante e forçou alguns erros de Santo André. Ao mesmo tempo, a equipe do ABC tinha boa organização tática e conseguiu terminar o primeiro tempo com uma bola de vantagem (12x11).

Na segunda etapa o equilíbrio permaneceu até os 10 minutos. Mas a partir daí o time de Santos voltou a repetir o “apagão” que já apareceu em outros jogos e ficou 11 minutos e 30 segundos sem marcar. Com isso, Santo André aproveitou e abriu cinco bolas. E poderia ter sido mais, não fossem alguns erros de finalização. A partir daí Santos voltou ao jogo, mas não houve tempo para tirar a desvantagem.

Para o técnico de Santo André Rubens Piazza a equipe teve altos e baixos na partida. “No primeiro tempo foram cinco gols dados, a gente teve a chance de abrir (vantagem) e deixar o jogo mais tranquilo e o placar foi quase igual. No segundo tempo, a Audi entrou muito bem e tenho que ressaltar também o trabalho da Aline, que deu toda segurança para a equipe deslanchar”, disse Piazza à Tchê Esportes.


Já a técnica Monica Neves, de Santos, mais uma vez viu o time perder o ritmo na segunda etapa. Mas ela avaliou que a postura do primeiro tempo já foi diferente, o que mostra uma evolução. “A gente está muito otimista ainda, é uma equipe com muitas peças novas e essa adaptação não acontece de uma hora pra outra. Mas elas mudaram a padrão de jogo e isso não foi uma ordem técnica, não veio do banco. Você se está com uma proposta que está dando certo, se o jogo está igual, você não pode mudar isso de uma hora pra outra porque compromete o trabalho inteiro”, contou Monica.


DESTAQUE

TORCEDOR SOLITÁRIO

O pequeno Anderson trouxe a bandeira do Brasil e vibrou muito durante o jogo. Apesar de não ter declarado publicamente, ele decretou à Tchê Esportes: “Torci para Santo André”.


DESTAQUE

TORCIDA NERVOSA

Adriana, Priscila e Pâmela gritaram o tempo todo para a equipe de Santos. Encostada na grade as três estavam bastante nervosas com o time. Priscila é também goleira e preparadora das colegas de Santos.


DESTAQUE

DO LADO DE FORA

O preparador físico de Santo André Adauto Domingues ficou do lado de fora da quadra, mas não deixou de dar orientações à equipe. Mas então porque não ficar na quadra? “Eu fico nervoso e às vezes acabo falando algo que pode prejudicar o time. Melhor ficar aqui”, brincou Domingues.


DESTAQUE

“AI, MEU CIÁTICO”

Bruna Dias, de Santos, sempre joga como se não houvesse outra partida, tanto que marca muitos gols. Mas sente no corpo as dores do esforço. O assistente técnico Vilmar Leite disse que o ciático incomoda a atleta antes, durante e depois do jogo. Mas está tudo bem com ela e o fisioterapeuta acompanha o problema.


DESTAQUE

“FALO NADA, SÓ OBSERVO”

O armador de São Bernardo Jayson Silva estava na Arena Santos e só observava a partida. Seria ele uma espécie de “espião” da equipe do ABC? Que nada, ele foi mesmo dar uma força para o Santo André. Sei não.


DESTAQUE

POLIVALENTE

Tamires Costa, pivô de Santos, atacou de central na partida. Com as colegas de posição lesionadas, a técnica Monica Neves solucionou o problema com a jogadora polivalente. “Ela treina em cima e vai bem, está bem integrada com as outras atletas”, contou Monica à Tchê Esportes.


DESTAQUE

MELHOR DO JOGO

A central Audi Baldez, de Santo André, foi escolhida a melhor jogadora da partida pela Federação Paulista de Handebol (FPHb).


DESTAQUE BEM NA FOTO

Priscila torceu muito pra o CEPE/Santos, mas não deixou de tirar uma foto com a melhor jogadora da partida, a central de Santo André, Audi.


DESTAQUE

ARTILHEIRA

A armadora Bruna Dias, do CEPE/Santos foi a artilheira do jogo, com cinco gols.


DESTAQUE

AGENDA

O próximo jogo do CEPE/Santos é contra a equipe de Guarulhos no sábado (7/mai), às 13h, no CEU Cumbica, em Guarulhos (SP).

Santo André volta às quadras só na segunda-feira, dia 16 de maio, contra a equipe de São Bernardo no ginásio do Baetão, em São Bernardo do Campo (SP).

SÚMULA DO JOGO

ÁRBITROS

Silmara Furtado e Andrea Russo



SECRETÁRIO E CRONOMETRISTA

Nathália Hupsel e Marcelo Matos


DELEGADO DA FPHb

Hamilton Ramos

EXCLUSÕES

CEPE/Santos (06)

SantoAndré (07)

GALERIA


#superpaulistão #sp2016 #handebolfeminino #spf2016 #noticias #cepesantosfeminino #santoandréfeminino

0 visualização