• Andréa Rodrigues

Super Paulistão Masculino de Handebol 2016


A Tchê Esportes conta quem já confirmou participação no campeonato e os reforços dos times para a temporada.


Dia 19 de fevereiro encerram-se as inscrições para o Super Paulistão Masculino de Handebol, mas a Tchê Esportes antecipa quem está no torneio neste ano. Nossa reportagem conversou com técnicos, dirigentes e atletas e conta agora quem participa da competição em 2016 e quais são alguns dos reforços das equipes para a temporada.

Dos 11 times que estiveram no campeonato em 2015, apenas um confirmou que não estará presente, mas o torneio ganha a volta de uma equipe tradicional no handebol do estado. Confira:

Taubaté:


Taubaté, campeão em 2015. (foto arquivo Tchê Esportes)

A atual campeã do Super Paulistão confirmou participação no campeonato em que esteve presente pela primeira vez em 2006. O time perdeu os jogadores Zeba, que foi para o Granollers da Espanha, e Diego Lago, que transferiu-se para o São Caetano. Mas ganhou reforços importantes, como Wesley e Denys, vindos do Pinheiros, e Matheus Perrella, que voltou da Espanha. O elenco ainda não está fechado e segundo apurou a reportagem da Tchê Esportes há chances da chegada de mais um jogador - possivelmente que atua na Europa - para compor a defesa. O time tem vários jogadores integrando a Seleção Brasileira da modalidade.

Metodista/São Bernardo:


Metodista/São Bernardo, vice-campeã em 2015. (foto arquivo Tchê Esportes)

Vice-campeã de 2015 e uma das mais tradicionais equipes do handebol brasileiro, perdeu jogadores importantes como Diogo Hubner e Cauê Herrera, além da dispensa do goleiro Gabriel. Dois reforços chegaram: Gabriel, central vindo de Piracicaba e o armador Bebê (Caio Yamauchi), do São Caetano. Outras boas notícias são a volta do ponta esquerda Carlito, após longo período afastado por lesão, e participação do armador Babo desde o início da temporada.


Carlito, de volta em 2016. (foto arquivo Tchê Esportes)

São José:


São José, 3ª colocada em 2015. (foto arquivo Tchê Esportes)

Terceiro colocado em 2014 e 2015, neste ano a equipe ainda depende da definição de orçamento da Secretaria de Esportes para fechar a lista de atletas. Mesmo sem ter iniciado os treinamentos, o time confirmou que participa do Super Paulistão. Perdeu o pivô Thiago "Duplex" para o São Caetano.

Esporte Clube Pinheiros:


EC Pinheiros, 4ª colocada em 2015. (foto arquivo Tchê Esportes)

O tradicional clube paulistano vai participar do campeonato com uma equipe jovem, com muitos atletas formados nas categorias de base. Essa é uma aposta antiga do clube, que conseguiu resultados importantes em 2015, como o quarto lugar no Super Paulistão e o título da Liga Nacional. O time perdeu o ponta Wesley e o armador Denys para o Taubaté. Mas contratou o armador Guilherme Leonel, que era da Hebraica; o ponta Rudolph, de Londrina, e o central Leo Dutra, de Juiz de Fora.


Guilherme Leonel, armador, agora no EC Pinheiros. (foto arquivo Tchê Esportes)

Hebraica:


Hebraica, 5ª colocada em 2015. (foto arquivo Tchê Esportes)

O time manteve a base de atletas para este ano e iniciou os treinamentos para a competição no final de janeiro. A Hebraica foi quinta colocada no Super Paulistão 2015 e apesar de não ter contratado reforços pretende manter a Fúria Amarela, como o time é conhecido, entre as principais forças do handebol paulista.

São Caetano:


São Caetano, 6ª colocada em 2015. (foto arquivo Tchê Esportes)

O time de Washington Nunes, também assistente técnico da Seleção Brasileira Masculina, é o que mais deve apresentar reforços na temporada. Contratou o central Diogo Hubner e o pivô Cauê Herrera, ambos da Metodista; o pivô Thiago "Duplex", de São José; o ponta direita Diego Lago, de Taubaté, e os goleiros Roney e Pedro, do Vasco (RJ). Um novo plano de trabalho foi traçado e o técnico quer investir na força jovem aliada à experiência de jogadores de nível de Seleção, como Gustavo Japa, que inicia a temporada após longo período afastado por lesão no ombro, e Bruno Santana. O técnico Washington Nunes informou à reportagem que ainda está em busca de mais um ponta esquerda para compor o elenco. Em 2015 o time ficou na sexta posição do Super Paulistão.


Duplex, pivô, agora no São Caetano. (foto arquivo Tchê Esportes)

Ribeirão Preto:


Ribeirão Preto, 7ª colocada em 2015. (foto arquivo Tchê Esportes)

O campeão do interior do estado confirmou participação no campeonato em que foi sétimo lugar geral em 2015. Algumas contratações ainda estão por serem confirmadas, e o técnico Miguel Jabur informou à Tchê Esportes que o time deve ser definido nos próximos dias.

15 de Piracicaba:


15 de Piracicaba, 8ª colocada em 2015.(foto arquivo Tchê Esportes)

O técnico José Batista ainda vai realizar seletivas de atletas no dia 20 de fevereiro para definir o elenco. Além disso, ele também depende de questões orçamentárias da prefeitura para confirmar a participação no Super Paulistão. Em 2015 o time ficou na oitava colocação.

Franca:


Franca, 9ª colocada em 2015. (foto arquivo Tchê Esportes)

A equipe vai participar do Super Paulistão mantendo a base de 2015, em que ficou na nona colocação. Apenas o central Lincoln Silva deixa o time e o técnico Denilson Seixas disse à Tchê Esportes que espera anunciar duas contratações nos próximos dias. Além disso, entre os dias 22 e 24 de fevereiro vão ser realizadas seletivas para atletas das categorias junior e adulto com o objetivo de compor o elenco para o Super Paulistão.

São Carlos:


São Carlos, 10ª colocada em 2015. (foto arquivo Tchê Esportes)

A equipe tem intenção de participar do Super Paulistão, mas o técnico Valdir Barbosa ainda está com algumas pendências administrativas para resolver. Em 2015 o time ficou na décima colocação.

Guarulhos:

A cidade já foi uma importante potência do handebol no estado de São Paulo e retorna em 2016 à disputa do Super Paulistão adulto sob o comando da técnica Láusida Dias Góes. A equipe deve ter o nome de Vegus Guarulhos, seguindo com o patrocinador que em 2015 apoiou os times junior e adulto em outros campeonatos, conforme apurou a Tchê Esportes.

Jundiaí:


Jundiaí não participa em 2016. (foto arquivo Tchê Esportes)

Única das 11 equipes participantes em 2015 que confirmou que não estará no Super Paulistão 2016 por restrições de orçamento. Sem verba, a equipe perdeu vários atletas.

Super Paulistão Masculino de Handebol 2016

Confirmados

  • Taubaté

  • Metodista/São Bernardo

  • São José dos Campos

  • EC Pinheiros

  • Hebraica

  • São Caetano

  • Ribeirão Preto

  • Franca

  • Guarulhos

A confirmar

  • 15 de Piracicaba

  • São Carlos

Não participa

  • Jundiaí

O lista oficial com as equipes inscritas será divulgada pela Federação Paulista de Handebol, após sexta-feira (19/fev).

#superpaulistão #handebolmasculino #taubatémasculino #spm2016 #sãobernardomasculino #sãojosémasculino #francamasculino #pinheirosmasculino #guarulhosmasculino #hebraicamasculino #ribeirãopretomasculino #sãocaetanomasculino #sãocarlosmasculino #15piracicabamasculino #noticias

0 visualização