• Andréa Rodrigues

Osasco devolve derrota para Santo André


Equipe havia perdido no primeiro turno pelo Super Paulistão Feminino de Handebol e agora venceu por 26 a 23.


Thais Marcondes, Osasco, comemora mais um gol. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

Santo André e Osasco jogaram nesse sábado no ginásio do Camilópolis, em Santo André (SP) e as visitantes devolveram a derrota sofrida em casa no primeiro turno do Super Paulistão Feminino de Handebol. Em um jogo muito disputado, Osasco foi mais eficiente nas finalizações e acertou melhor a defesa. Com isso, derrotou Santo André pelo placar de 26 a 23.


Renata Hernandes, técnica de Osasco. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

“Eu diria que hoje de fato nós fomos uma equipe dentro de quadra, indiferente a erros, a limitações, a características. Todas ouviram, assimilaram, souberam respeitar o próximo e isso foi fator determinante. Hoje essa vitória representa essa maturidade que desde o início estava faltando”, disse Renata Hernandes, técnica de Osasco.

Primeiro Tempo

Osasco começou melhor, aproveitando mais as chances no ataque e permaneceu à frente no placar a maior parte do tempo. Santo André perdeu muitas finalizações, inclusive cara a cara com a goleira e até 7 metros.


Flavinha, goleira de Santo André. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

Apesar de defesas importantes da goleira Flavinha, a ligação para o contra-ataque também não tinha eficiência. Sem aproveitar as finalizações, as donas da casa viram Osasco ir para o intervalo com a vantagem de duas bolas (9x11).

Segundo Tempo

Logo no início da etapa, Santo André chegou ao empate em um contra-ataque com a ponta esquerda Fernanda. Mas a partir dos cinco minutos Osasco assumiu novamente a liderança no placar. Por volta dos 17 minutos, Osasco levou duas punições seguidas por dois minutos e ficou somente com quatro jogadoras em quadra.


Bruna Caroline (2), Osasco, levou duas exclusões no jogo. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

Foi a hora de Santo André marcar duas vezes e diminuir a desvantagem para duas bolas. Mesmo assim, Osasco ainda conseguiu um 7 metros o que voltou a deixar a diferença em três bolas.


Marcação dupla em cima de Vika, Santo André. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

Faltando menos de cinco minutos para o final da partida o técnico Rubens Piazza, de Santo André, pediu marcação individual. Ele já havia tentado usar marcação 5-1 e até 4-2, mas Osasco trabalhava muito bem o conjunto a partir da orientação da central Thaís Marcondes. Santo André ainda conseguiu marcar mais um gol faltando apenas oito segundos, mas a partida terminou com a vitória de Osasco por 26 a 23.


Rubens Piazza, técnico de Santo André. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

“Nossa organização precisa melhorar, não tivemos parte coletiva nenhuma, precisamos treinar um pouco mais e a gente está tendo dificuldades com contusão, com coisas extras. É uma semana difícil, porque temos vários jogos e pouco tempo para treinamento”, falou Rubens Piazza, técnico de Santo André.

Com o resultado desse jogo, Santo André está na sétima posição e Osasco está no oitavo lugar, as duas equipes com 12 pontos. No entanto, Santo André tem onze jogos, três a menos que Osasco.

FICHA DO JOGO

Artilheira: Thais Marcondes, Osasco, com 12 gols.


Thais Marcondes, Osasco, artilheira do jogo. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

Destaque da partida: Thais Marcondes (ao centro), Osasco


Thais Marcondes, com o Diploma de Destaque do Jogo. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

Árbitros: Fábio Passos e Rodolfo Costa


Fábio Passos e Rodolfo Costa, árbitros do jogo. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

Delegado da partida: Rogério Fiacadori

Tabela de Classificação - Feminino



#superpaulistão #spf #handebolfeminino #santoandréfeminino #osascofeminino #noticias #spf2015

0 visualização