• Andréa Rodrigues

#Palavra do Técnico: Piazza e Meg falam de jogo entre Santo André e Guarulhos


Equipe do ABC venceu por 29 a 18 e segue em quarto lugar no Super Paulistão Feminino de Handebol.


Meg e Piazza, técnicos de Guarulhos e Santo André. (arte Tchê Esportes)

Funguaru/Guarulhos e AD Santo André enfrentaram-se nesse sábado no ginásio da Ponte Grande, Guarulhos (SP). A disputa valia a quarta colocação no super Paulistão Feminino de Handebol e as visitantes venceram por 29 a 18. Os técnicos Margarida Conte, a Meg, de Guarulhos e Rubens Piazza, de Santo André, tinham problemas de lesões em suas equipes e avaliaram a partida para a reportagem da Tchê Esportes.

Margarida Conte, a Meg – Guarulhos


Margarida Conte, técnica do Guarulhos. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

A partida

“Acho que (foi) muita ansiedade. A gente veio de um jogo ruim contra Pinheiros, trabalhamos essa semana pra jogar contra Santo André, fizemos algumas mudanças na equipe e infelizmente a gente pecou muito na finalização, no começo do jogo na marcação... A gente pecou muito na finalização, principalmente no primeiro tempo, a Flavia foi muito bem e aí deu uma desequilibrada, a gente começa a errar, as meninas ficam ansiosas querendo fazer e acaba atrapalhando e não conseguindo fazer o jogo em conjunto.”

Evolução da equipe

“São momentos que a gente vai ter que evoluir durante a competição. Eu tenho certeza que no segundo semestre a gente vai dar mais trabalho. É trabalhar, dar tempo ao tempo, algumas meninas estão chegando agora, que é o caso da Greyce e da Ramona, e melhorar aos pouquinhos, a cada fundamento, no conjunto, no coletivo.”

Rubens Piazza – Santo André


Rubens Piazza, técnico do Santo André. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

A partida

“Foi muito boa, porque a gente não está conseguindo fazer coletivo. Eu comentei no jogo passado que a gente está fazendo por etapas. Joga o lado esquerdo, joga o lado direito, que foi o último jogo lá contra São José. Está muito jogado em lados da quadra. Quando a bola ia pro lado direito, ficava do lado direito. Hoje já teve mais continuidade, mas isso é em decorrência de que nós não temos atletas pra treinar. Mas a gente dá um jeito! Nós demos um passo grande hoje, fizemos bastante gol. Eu achei que não íamos passar de 25, e elas estão de parabéns. Mas nós perdemos muitos gols ainda. Estou mais aliviado. Ganhamos a Carol, que não tinha trabalhado conosco ainda e foi muito bem na defesa e no ataque.”

Os erros

“Nessas situações aparecem mais os erros individuais. Então isso a gente tem comentado: senão aparecerem os erros individuais é muito bom, porque já vai dar confiança. Mas elas estão expostas a isso, porque esses erros que poderiam diminuir no treino não estão acontecendo, estão acontecendo no jogo.”

Lesões

“Eu espero que durante o ano a gente recupere todo mundo e termine o ano com mais meninas. Ano passado a gente começou com todo mundo e terminou o ano como nós estamos agora. Eu espero que a Neia semana que vem já volte, a Baby está com um problema de família mas está livre, já pode treinar, Duda tem mais duas semanas ainda. Depois mais uns 20 dias já vamos pros regionais, tem a volta da Vica...”


Tchê Esportes

Handebol em Primeira Mão!

#superpaulistão #palavradotécnico #spf #guarulhosfeminino #santoandréfeminino #técnico #noticias #spf2015

0 visualização