• Andréa Rodrigues

Morten fala de ansiedade para Panamericano Feminino de Handebol


Técnico convocou 21 atletas para fase de preparação em São Paulo que vai durar apenas quatro dias.

A Seleção Brasileira Feminina de Handebol se apresenta nesta quinta-feira (14/mai) para fase de treinamento antes da participação no Panamericano de Cuba, que acontece de 21 a 28 de maio em Havana. Serão apenas quatro dias para ajustar a equipe, já que a viagem está marcada para o dia 19.


Morten Soubak, técnico da seleção. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

“Na verdade não tem muita preparação porque por duas vezes a Confederação Panamericana mudou a data (do torneio). Então significa que nós não vamos ter o mesmo tempo de nos preparar, de fazer treinos. O que nós estamos fazendo são poucos dias aqui em São Paulo, com algumas meninas do Brasil e com algumas que atuam na Europa. Algumas só vão poder entrar durante esse período porque têm jogos pelos seus clubes europeus”, contou Morten Soubak, técnico da seleção, à reportagem da Tchê Esportes.

Ele contou que está ansioso para a competição, principalmente em função da pouca preparação do time. “Isso vai ser muito atípico e nunca fizemos um modelo como esse que estamos fazendo agora. Vai ser a primeira vez que acontece isso com a seleção então vai ser uma experiência diferente. Estou ansioso com isso, mas tomara que nós consigamos fazer um bom trabalho”, disse o técnico.


Ana Paula, Osasco, convocada para a Seleção Brasileira. (foto arquivo Tchê Esportes)

Ao todo foram chamadas 21 atletas para o treinamento, mas apenas 16 viajam para a competição. Entre as convocadas estão jogadoras já consagradas pelo título mundial em 2013, como Dara e Daniela Piedade. Mas jovens atletas que atuam no Brasil também estão na lista. No último fim de semana Morten esteve na partida entre Osasco e Santo André e ao final do jogo conversou com os técnicos dos dois times. Vitória Macedo, da equipe do ABC, e Ana Barbosa, de Osasco, acabaram sendo chamadas. “Foi uma surpresa muito boa”, comemorou a central Ana.

Se Ana é “novata”, a ponta Célia Coppi, da Metodista, já é bastante experiente na seleção. Mesmo assim, ela não deixa de vibrar a cada nova convocação.


Célia Coppi, Metodista, mais uma convocação. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

“Eu fiquei muito feliz de ter sido convocada e acho que é um degrau que tenho que subir de cada vez. O Panamericano é um campeonato que não vai ser fácil pra gente, porque a Argentina está treinando na Europa, que eu estou sabendo, e a gente não. Mas estamos com um grupo bom e a gente vai trabalhar forte esses cinco dias pra chegar forte. Vai ser um campeonato pra quem tem coração, vai ser bom”, falou Célia à Tchê Esportes.

No grupo A, do Brasil, estão também Paraguai, Venezuela, Estados Unidos, Porto Rico e Groenlândia. No grupo B estão Argentina, Uruguai, México, Cuba, Guatemala e Chile. O técnico da seleção brasileira disse que não vai ficar preocupado em observar as outras equipes. “Nós vamos olhar a nós mesmos e tentar utilizar o tempo curto que nós temos para fazermos o melhor e usar os dias que temos em Cuba para preparar o time para semifinal e final. Não tenho dúvida nenhuma que as duas melhores equipes que vão estar lá estão na outra chave, que é Argentina e Cuba. Então essa vai ser a nossa preparação”, analisou Morten.

Veja quem foram as jogadoras convocadas:

Goleiras - Jacqueline Oliveira Santana (Toulon-França), Jéssica Silva de Oliveira (Handebol Concórdia-SC) e Renata Lais de Arruda (Clube Português/AESO-PE).

Armadoras - Adriana do Nascimento Lima (MKS Zaglebie Lubin-Polônia), Amanda Andrade (Handebol Concórdia-SC), Jaqueline Anastácio (Ringkobing Handbold-Dinamarca), Karoline Souza (Nikobing Handboldklub-Dinamarca), Lígia Costa Maia da Silva (Apahand/UCS/Fátima Saúde-RS) e Vitória dos Santos de Macedo (AD Santo André-SP).

Centrais - Ana Paula Barbosa Alves (Osasco-SP), Francielle Gomes da Rocha (Hypo Nö-Áustria) e Gabriela Pessoa Constantino (EC Pinheiros-SP).

Pontas - Bárbara Buratto Brocardo (Metodista/São Bernardo-SP), Célia Janete Costa Coppi (Metodista/São Bernardo-SP), Dayane Pires da Rocha (Metodista/São Bernardo-SP), Jéssica Quintino (MKS Selgros Lubin- Polônia), Larissa Fais Munhoz Araújo (Apahand/UCS/Caxias do Sul-RS) e Samira Rocha (OGC Nice-França).

Pivôs - Daniela Piedade (Siofok KC-Hungria), Fabiana Diniz (Nantes Loire Atlantique-França) e Tamires Morena Lima de Araújo (Gyori Audi ETO-Hungria).


Bárbara, Dayane, Vitória e Larissa. (arte Tchê Esportes)

Tchê Esportes.

Handebol em Primeira Mão!

#handebolfeminino #noticias #seleçãoadultaf

0 visualização