• Andréa Rodrigues

Handebol Guarulhos vence Osasco no primeiro jogo em casa


Com forte trabalho defensivo, vitória no Super Paulistão

Feminino de Handebol foi por 26 a 22.


A equipe do Fumguaru/Guarulhos venceu, e em casa, a primeira partida no Super Paulistão Feminino de Handebol por 26 a 22. O adversário foi o Clube S.S.II Exército/Osasco. No primeiro tempo, Guaru começou em desvantagem, e somente aos 10min30seg conseguiu o empate. A virada veio somente aos 18min50seg após a entrada da estreante Greyce Santos na meia esquerda, o que acelerou os ataques. Assim, as donas da casa fecharam a etapa em 13 a 9.


Guarulhos vence em casa. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

Para Meg Conte, técnica de Guarulhos, o sistema defensivo funcionou bem, mas o time foi um pouco irregular. “Na nossa estreia em casa achei que as meninas foram bem na defesa. Houve falhas que precisam ser corrigidas, porque elas foram irregulares. Houve momentos excepcionais, como os contra-ataques, as trocas de bolas rápidas. Outros, nem tanto. Elas estavam um pouco ansiosas pra começar a jogar em casa”, contou à Tchê Esportes.


Greyce Santos estreia com vitória (foto André Pereira / Tchê Esportes)

Sobre a estreia da recém-contratada Greyce, que defendeu o São José na última temporada, Meg falou que a versatilidade e experiência da atleta vai ajudar a equipe. “É um grupo novo, com média de 21/22 anos, praticamente estreando na categoria adulta. A chegada da Greyce vai dar mais qualidade, a gente vai posicionando-a na meia, ponta ou armação.”


Renata Hernandes, técnica de Osasco (foto André Pereira / Tchê Esportes)

Já a técnica de Osasco Renata Hernandes era pura frustração após a derrota. Ela esperava mais de sua equipe, principalmente depois do bom volume de jogo apresentado contra a Metodista na estreia da equipe no Super Paulistão Feminino. “Olhando por tudo o que foi trabalhado pelo primeiro jogo, hoje faltou eficiência, principalmente em finalização. Eu diria que competência mesmo em algumas ações. A gente pecou muito, eu esperava, e elas também, que hoje viria a vitória, pela questão do volume. Foi difícil essa sensação de nadar e morrer na praia. Faltou foco, a gente acabou sendo displicente. Tudo foi treinado, tudo foi falado. A gente buscou o placar mas não conseguiu manter. A minha frustração fica por conta da minha equipe mesmo e não tiro o mérito de Guarulhos, porque quando elas tiveram oportunidade elas fizeram”, desabafou Renata.


Bruna Caroline, Osasco, se machucou no inicio do jogo (foto André Pereira / Tchê Esportes)

A equipe ainda perdeu a ponta esquerda Bruna Caroline logo no início do jogo, após subir para chutar dos 9 metros. No momento da queda, ela machucou o peito do pé.

FICHA DO JOGO


Ana Paula Alves, Osasco, artilheira do jogo com nove gols. (foto André Pereira / Tchê Esportes)

Artilheira : Ana Paula Alves, do Osasco, com nove gols, seguida por Marcella Bassan, de Guarulhos, com sete gols.

Arbitragem : Thiago Marques e Bruno Azevedo.

Delegado da Federação Paulista de Handebol (FPHb) foi Antonio Ingles.

PRÓXIMOS JOGOS: 09/maio

Guarulhos x Franca

Osasco x Santo André (partida de estreia da equipe do ABC)

Jogos, Classificação e fotos do Super Paulistão Feminino 2015 >>>

Tchê Esportes. Handebol em Primeira Mão!

#superpaulistão #spf #handebolfeminino #guarulhosfeminino #osascofeminino #noticias #spf2015

0 visualização